Copa do Brasil, Esportes, Futebol

Lucas Pratto faz contra, e São Paulo perde em casa para o Cruzeiro

Cruzeirenses comemoram o gol de Hudson, o segundo dos visitantes no Morumbi. Foto: Rodrigo Gazzanel/Futura Press/FolhapressPratto foi contratado para fazer gols para o São Paulo, mas ontem (13), não esteve em seus melhores dias: marcou contra. Com isso, o Tricolor terá grande desafio para seguir na Copa do Brasil. Na partida de ida da quarta fase, o time foi derrotado pelo Cruzeiro por 2 a 0, no Morumbi.

Para evitar a queda, o São Paulo terá de vencer por três gols de diferença no Mineirão. Vantagem por dois gols também serve, desde que seja a partir de 3 a 1.

O primeiro tempo teve mais briga do que técnica. Os dois times lutaram, os jogadores não fugiram de divididas, mas criaram poucas chances.

A principal opção do Cruzeiro era acionar Arrascaeta. Ao receber o passe, o uruguaio tentava encontrar o atacante Ábila dentro da área. O argentino deu trabalho para os marcadores, mas foi anulado.

O sistema de marcação mineiro conseguiu impedir o São Paulo de ameaçar. Rogério Ceni se irritou com os constantes erros de passe.

Se é que era possível, os mineiros melhoraram ainda mais defensivamente após o intervalo. Apesar da pressa, o São Paulo não conseguiu incomodar o goleiro Rafael.

Descontente, a torcida do São Paulo vaiou Wellington Nem quando foi substituído por Ceni. No minuto seguinte, o Cruzeiro começou a definir a partida. Aos 16 minutos, Pratto desviou de cabeça para o próprio gol uma cobrança de falta de Thiago Neves.

Ceni gesticulou, tirou Buf­farini para colocar Araruna. Depois, entrou o atacante Gilberto na vaga de Cícero. Nada resolveu. O Cruzeiro fez o segundo com a mesma fórmula.

Aos 24, nova cobrança de Thiago Neves. Hudson, ex-jogador do São Paulo envolvido em troca por Neilton, se antecipou à zaga e deslocou a bola de cabeça para o gol.

A chance de reabilitação do São Paulo será domingo, ante o Corinthians.

 

SÃO PAULO 0 x 2 CRUZEIRO

Gols: Pratto (contra), aos 17, e Hudson, aos 25 minutos do 2º tempo. Árbitro: Anderson Daronco (RS). Estádio: do Morumbi, em São Paulo, ontem à noite.

SÃO PAULO

Renan; Buffarini (Araruna), Maicon, Rodrigo Cario e Júnior Tavares; Thiago Mendes, Jucilei e Cícero (Gilberto); W.Nem (Thomaz), Pratto e Luiz Araújo. Técnico: Rogério Ceni.

CRUZEIRO

Rafael; Mayke, Léo, Manoel e Diogo Barbosa; Hudson (Lucas Romero) e Ariel Cabral; Rafinha, De Arrascaeta e Thiago Neves (Alisson); Ábila (Raniel). Técnico: Mano Menezes.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*