Curiosidades

Loja de carros cria processo próprio, transforma em solução de TI e fornece a outras revendas

Rodrigo Dal Bello e Ernesto W. Filho, do Autoconf. Foto: Divulgação
Rodrigo Dal Bello e Ernesto W. Filho, do Autoconf. Foto: Divulgação

O empresário Rodrigo Dal Bello, do Paraná, desde os 14 anos de idade está mergulhado no universo de revenda de carros usados – a família fundou, em 1990, a Bellos Car, em Curitiba. Depois de quase 30 anos de experiência, já à frente da loja, movido pelo desafio de resolver problemas com os quais não se conformava, em 2018 desenvolveu uma plataforma, que denominou Autoconf.

Nascia, assim, o empreendimento que Dal Bello define da seguinte forma: não é uma empresa de tecnologia que fornece soluções para revendas de veículos, e que viu aí uma forma de ganhar dinheiro. É uma loja de carros usados e seminovos que viu na tecnologia a oportunidade de melhorar os seus processos e os seus negócios.

Mas, de qualquer forma, o Autoconf ultrapassou os portões da Bello Car e hoje, três anos depois, está sendo utilizada por 196 lojas de carros usados e seminovos em todo o Brasil. E esse número tende a ser ainda maior, em breve. Para 2022, segundo o próprio Rodrigo Dall Bello e seus parceiros de Autoconf, Silvan Dal Bello e Ernesto W. Filho, a meta é dobrar a base de clientes.

O ano de 2021 terminou com os empreendedores celebrando os resultados da plataforma. “Alcançamos 100% das metas planejadas”, frisam, o que inclui ter incrementado em 150% a base de clientes e ter dobrado o faturamento sobre 2020. Há, porém, saltos maiores a serem conquistados no novo ano.

“O objetivo é triplicar o faturamento e duplicar nosso time. Vamos otimizar ainda mais a ferramenta e seus processos, para continuar garantindo a satisfação dos nossos clientes. E lançar um novo plano de contratação do sistema, para atender à demanda do mercado”, destaca Rodrigo Dal Bello.

Revendas pelo Brasil que adquiriram a plataforma contabilizam ganhos na mesma direção da experimentada pelo Autoconf. É o caso da Seiko Automóveis, de Bauru, interior de São Paulo. A loja adotou a tecnologia em junho de 2020. Passados 18 meses, e os proprietários, Henrique Ikeahara e Gilberto Ikehara, revelam mudanças substanciais.

“Só no primeiro semestre de 2021 faturamos o equivalente a todo o ano de 2020”, assinalam, para em seguida enumerar as modificações proporcionadas pela plataforma: “depois de uma fase de adaptação, deixamos [a ferramenta] ‘redondinha’. Conseguimos organização e agilidade nos processos. Ficávamos muito em funções operacionais; agora, temos mais tempo e liberdade para nos focarmos nas decisões estratégicas do negócio”.

Os irmãos Ikeahara conheceram o Autoconf por meio de “lives” promovidas por Rodrigo Dal Bello, no começo da pandemia. “Vimos que ele tinha muito conhecimento, muita bagagem. Vimos que poderia ser nosso ‘mentor’”. Dessa forma, continuam, resolveram conhecer de perto o funcionamento, na Bellos Car, na capital paranaense. “Vimos que tudo seguia como uma ‘orquestra’”, relembram.

Foi também no primeiro semestre de 2020 que o empresário Leonardo Girão, da Life Car, de Fortaleza, ficou sabendo da existência da plataforma Autoconf. Buscou novas informações, negociou a aquisição, até que em junho implementou em sua loja na capital do Ceará. “O sistema deu nova organização ao estoque”, exemplifica.

Tanto os irmãos Ikeahara, em Bauru, como Girão, em Fortaleza, fazem menção especial a uma funcionalidade específica do sistema Autoconf: a avaliação de cada carro, em 360°, feita pela tecnologia. Os diagnósticos se tornaram precisos. É possível identificar quanto será necessário despender para deixar cada carro pronto para revenda. A ferramenta também dá subsídios para que o empresário defina o preço de comercialização, de modo a suprir custos e assegurar margens.

Nos quase três decênios de experiência com revendas, Rodrigo Dal Bello via com frequência avaliações imprecisas. “Estimava-se gastar R$ 1 mil para deixar um carro pronto, e depois se gastavam R$ 2 mil, R$ 3 mil”. Logo, uma solução que desse eficiência aos processos teria de passar por resolver esse problema. A plataforma Autoconf conseguiu, então, desatar esse nó.

Outra funcionalidade incorporada é a integração do sistema com o site da loja. Também há integração com portais de anúncios de carros usados e portais de geração de leads (oportunidades de negócios). De acordo com Dal Bello, tal funcionalidade amplia a visibilidade da loja, e ao mesmo tempo traz para o site próprio da revenda a centralidade dos processos e negociações.

“Percebi que havia muita dependência das redes sociais, mídias digitais em geral. E isso não é bom, essa dependência de mídias terceiras, externas. Elas devem ser complementares”, argumenta o CEO do Autoconf.

Rodrigo Dal Bello enaltece, por fim, a qualidade de vida obtida com o novo empreendimento. “Meu desejo, como proprietário de lojas de carro, era ter um negócio escalável e rentável. E que além disso eu conseguisse aproveitar mais a minha vida, com a minha família, sem que o negócio precisasse de 100% da minha presença”, afirma.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*