Editorias, Notícias, Veículos

Linha 2021 do sedã Audi A4 e do cupê A5 Sportback incorpora tecnologias

Linha 2021 do sedã Audi A4 e do cupê A5 Sportback incorpora tecnologias
Audi A4 mantém jeito conservador, mas incorporou grade maior em formato colmeia e faróis de LED como itens de série. Foto: Divulgação/Audi

LUIZ HUMBERTO MONTEIRO PEREIRA
AutoMotrix

O A4 é o Audi mais vendido no mundo. Em 26 anos de trajetória foram comerciali­zadas mais de 7,5 milhões de unidades. Produzido nas fábricas alemãs de Ingolstadt e Neckar­sulm, o sedã teve a quinta ge­ração lançada em 2016 e sua atualização de meia vida desembarcou no Brasil em dezembro do ano passado. Agora, chega a atualização da versão cupê do A4, chamada A5 Sportback, igualmente renovada em termos estéticos e tecnológicos.

A linha 2021 do A4 está disponível a partir de R$ 229.990 na versão de entrada Prestige, R$ 259.990 na intermediária Prestige Plus e R$ 304.990 na top de linha Performance Black. O A5 Sportback é comercializado a partir de R$ 284.990 na versão Prestige Plus e de R$ 329.990 na Performance Black Quattro.

Em termos de estilo, o A4 2021 incorporou grade Singleframe maior, com formato colmeia. Os faróis de LED agora são itens de série, mas na top de linha há os opcionais faróis Matrix LED – tecnologia que direciona automaticamente o facho de luz para não atrapalhar os veículos vindos na direção oposta.

O novo A5 Sportback também traz a grade frontal mais larga, mas tem saídas de ventilação acima da peça inspiradas no Audi Sport Quattro, de 1984, ladeados pelos faróis Matrix LED, que são de série no cupê.

Além da altura 3 cm menor do A5 Sportback em relação ao A4 e da parte traseira do teto mais rebaixada, como é típico dos cupês, a musculatura ressaltada no capô reforça seu aspecto esportivo. O para-choque frontal do A5 tem uma lâmina na borda inferior ligando as entradas de ar, ainda maiores. Na traseira, o cupê apresenta mudanças nas ponteiras de escape trapezoidais e nova assinatura óptica marcada pelas lanternas de LED com setas dinâmicas – de série apenas na versão top do A4. A versões Performance Black do A4 e do A5 Sportback vem com o kit S-Line, incluindo para-choques esportivos, rodas de 18 polegadas com pneus 245/40 e detalhes em preto na grade e nos frisos.

No interior, o painel de ins­trumentos do A4 e do A5 conta com o Audi MMI Plus. A tela sensível ao toque apresenta a mesma linguagem vista nos modelos A6 e A7, com o MMI Touch no centro de controle do novo sistema operacional. As informações são projetadas na tela de alta re­so­lução com 10,1 polegadas ao lado. Os gráficos são minimalis­tas, e a estrutura do menu é intuitiva.

O volante multifuncional com abas para troca de marchas tem a base aplanada. O pacote de ilu­minação ambiente de série no modelo destaca o es­paçoso interior. A partir da versão Prestige Plus do sedã e em ambas as configurações do cupê, os modelos contam com o Audi Virtual Cockpit Plus de 12,3 polegadas, com três modos de apresentação diferentes, posicionado logo atrás do volante.

Além do controle de cruzeiro adaptativo, outra novidade presente em todas as configurações do A4 e do A5 Sportback é o Audi Phone Box Light. A tecnologia permite o carregamento de smartphones por indução, complementando a interação do Audi smartphone interface – o sistema integra celulares com Android e iOS. O cupê traz ainda de série aviso de saída de faixa, teto solar elétrico panorâmico e ar-condicionado de três zonas.

O motor 2.0 TFSI equipa todas as variantes do A4 e do A5 Sportback, em duas diferentes configurações. A mais “mansa” entrega 190 cavalos de potência e torque de 32,6 kgfm. Na versão top do sedã e do cupê, a Performance Black, o motor 2.0 TFSI recebe ajuste diferenciado para entregar 249 cv e 37,7 kgfm de torque de 1.600 a 4.500 rpm. A transmissão de A4 e A5 Sportback é sempre a S Tronic de dupla embreagem e sete velocidades.

Nas versões Performance Bla­ck de ambos os modelos, o trem de força é complementado pela tração integral “Quattro”. Para economizar combustível, é possível escolher cinco modos de direção: Automatic, Efficiency, Comfort, Dynamic e Individual.

O A5 Sportback conta ainda com um sistema de assistência elétrica, composto por bateria de íons de lítio e alternador de correia (BAS) em um sistema elétrico primário de 12 volts. Com a solução, o veículo pode se deslocar em velocidades entre 55 km/h e 160 km/h com o motor desligado. Em seguida, o BAS reinicia o propulsor rápida e confortavelmente.

 

Versões top de linha trazem mais tecnologia e tração Quattro

Achar a posição para dirigir os novos A4 e A5 Sportback é fácil. Os comandos de regulagem dos bancos (altura, inclinação, apoio lombar e distância) são elétricos e há memórias para registrar as preferências de di­ferentes usuários. Ambos os modelos já trazem como itens de série a tecnologia keyless go, entradas USB para os passagei­ros do banco traseiro, volante em couro multifuncional com abas para troca de marchas, rodas de liga leve de 18 polegadas, câmera de ré e sistema de monitoramento da pressão de pneus.

A versão intermediária do sedã e a inicial do cupê incorporam ar-condicionado auto­má­tico de três zonas, bancos dianteiros esportivos e eletricamente ajustáveis, controle de cruzeiro adaptativo, pacote de luzes internas, teto solar elétrico, aviso de saída de faixa, lanternas com indicador dinâmico nas setas, rádio MMI plus com sistema de navegação e o Virtual Cockpit Plus, com tela de 12,3 polegadas e resolução full-HD, localizada atrás do volante e com opção de três visualizações.

Porém, é nas versões top de linha do A4 e do A5 Sportback, a Performance Black, que ambos ostentam toda sua cate­goria. Além de motor mais potente e tração Quattro, agregam acabamento interno em Black Piano, bancos em combinação couro e Alcântara com memória de ajuste, volante esportivo em couro com base aplanada e função park assist com sensor de estacionamento dianteiro e traseiro.

Os opcionais da versão, todos presentes nos modelos avaliados, são o head-up display, o sistema de som Bang & Olufsen 3D e o Pacote Assistance City (com Audi pre sense traseiro e assistente de mudança de faixa). Os faróis Full LED Matrix HD são de itens série no A5 e opcionais na top de linha do A4.

 

Modelos unem conforto e estabilidade em equilíbrio elogiável

O teste de apresentação das linhas 2021 do A4 e do A5 Sportback ocorreu em sua maior parte sob chuva intensa, em um trajeto rodoviário situado entre a Capital paulista e a cidade de Mairiporã. Tanto no sedã quanto no cupê, as versões disponibilizadas foram a top de linha Performance Black, movidas pelo motor 2.0 TFSi em sua configuração mais forte, com 249 cavalos a 5 mil giros e 37,7 kgfm a 1.600 giros.

Extremamente dóceis para se dirigir e criados para rodar com segurança e altas velocidades pelas famosas autobahnen (estradas sem limites de velocidade) alemãs, não seria um prosaico aguaceiro grande o bastante para impedir que os modelos da Audi mostrassem sua exuberância dinâmica.

Direção, transmissão e gestão do motor estão integradas ao Audi Drive Select, com possibilidade de cinco modos de direção. Com o Dynamic acionado, a suspensão endurece, a direção com assistência elétrica se torna mais direta e as respostas no acelerador e as trocas de marcha ficam mais rápidas. Nas arrancadas mais bruscas, é recorrente o ocupante ter suas costas pressionadas contra o encosto do banco.

Retomadas e ultrapassagens são feitas com precisão, e a percepção do motorista, mesmo sob chuva intensa, é que o carro está “colado” ao chão – sensação reforçada pelo sistema de distribuição da tração nas quatro rodas de acordo com a demanda e pelos controles de tração e estabilidade. Assim que percebe uma roda dianteira patinar, o sistema ativa o eixo traseiro para equilibrar o conjunto.

A transmissão S tronic de sete velocidades, com dupla embreagem, proporciona trocas de marchas quase instantâneas, com transição imperceptível. O conjunto motor-câmbio ostenta harmonia impressionante. Em termos de suspensão, tanto o A4 quanto o A5 Sportback unem conforto com estabilidade em um equilíbrio elogiável. O A5 Sportback oferece uma “pitada” a mais de tecnologia – o sistema de assistência elétrica permite que o cupê se desloque em velocidades entre 55 km/h e 160 km/h com o motor desligado. De forma automática, reinicia o propulsor rápida e confortavelmente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*