Brasil, Editorias, Notícias

Líder de Dilma diz que volta ao Planalto não é prioridade

Facções vêm sendo observadas nos presídios há uma semana. Foto: Arquivo

Ex-líder do governo Dilma Rousseff na Câmara e da bancada do PT, o deputado federal José Guimarães (CE) criticou ontem (18) parlamentares que ameaçam deixar a legenda afirmando que a ideia é uma “aventura” que ameaça a democracia. Reconhecendo que o PT cometeu erros e que vive um de seus piores momentos, Guimarães disse que o partido deve deixar em segundo plano a tentativa de voltar ao Palácio do Planalto em 2018 para se concentrar no fortalecimento de sua bancada no Congresso.

“Quem manda no país é o Congresso”, afirmou. As declarações de Guimarães são uma reação ao grupo que se intitula “Muda PT”, que reuniu nesta segunda cerca de 40 parlamentares, a maior parte deputados, com o intuito de antecipar mudanças no comando do PT ou precipitar uma saída em massa da legenda.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*