Diadema, Política-ABC, Sua região

Lauro conquista maioria e promete mais diálogo com os vereadores

Lauro Michels: “não é fácil falar com quem não quer ouvir”. Foto: ArquivoA Prefeitura de Diadema publicou no Diário Regional de quinta-feira (29) a portaria que reconduz ao cargo de secretário de Transportes o presidente municipal do PPS, José Carlos Gonçalves. Dessa forma, o governo oficializa o retorno dos partidos DEM e PPS para a base e garante maioria na Câmara para aprovação dos projetos no Legislativo. Apesar do acordo, vereadores ainda cobram por mais diálogo. O prefeito Lauro Michels (PV) afirmou que vai se reunir com os parlamentares.

Líder do bloco DEM/PPS, o vereador Sérgio Ramos da Silva, o Companheiro Sérgio (PPS), destacou que “independente de que lado estiver, os parlamentares seguirão votando contra projetos que não forem benéficos para a população”. “O governo tem que entender que o PPS é um partido muito importante, tem três vereadores e quer governar junto para a melhoria da nossa cidade”, afirmou.

Michels afirmou que não havia diálogo porque os parlamentares estavam na oposição. “Não é fácil falar com quem não quer ouvir. Agora que eles estão na base, é óbvio que vai haver diálogo, todos os projetos que são importantes para a cidade vamos discutir com eles e aceitar sempre sugestões que sejam boas para Diadema”, pontuou.

Ex-líder do bloco de oposição, o G12, que agora concentra apenas sete parlamentares, o vereador Josemundo Dario Queiroz, o Josa (PT), afirmou que o “governo tem votos, mas não tem apoio”. “Essas pessoas estão sendo arregimentadas apenas com o propósito numérico, para compor, e não para contribuir”, afirmou.

Líder de governo, Celio Lucas de Almeida, o Celio Boi (PSB), minimizou o fato de que a maioria numérica é o principal desfecho das nomeações de Gonçalves e do novo secretário de Esportes, que será indicado pelo DEM. “Não devemos vincular votação com ida ao governo. A questão não é essa. Porém, a partir do momento que o partido se alinha com a gestão, passa a votar e a defender as ações positivas desse governo”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*