Esportes

Lateral do São Caetano quer vitória para apagar estreia ruim

Lateral do Azulão quer vitória para apagar estreia ruim
Bruno Recife: “Nossa obrigação é ir a Osasco e tentar sair com a vitória”. Foto: Fabrício Cortinove/AD São Caetano

Apagar a imagem ruim dei­xada na estreia e conseguir a primeira vitória na Copa Paulista é a missão do São Caetano na partida contra o Osasco, pela segunda rodada da competição. O duelo será realizado amanhã (30), às 10h, no estádio José Liberatti.

Um dos líderes do elenco do Azulão, o lateral Bruno Recife destacou a importância do resultado positivo, neste fim de semana, para a sequência do time do ABC no campeonato.

Na estreia, o São Caetano ficou no empate sem gols com a Ponte Preta, domingo passa­do, no Anacleto Campanella.

“Não começamos bem a competição ao empatar dentro de casa. Então, nossa obri­gação é ir a Osasco e tentar sair com a vitória. Tivemos uma boa semana de treinos e, agora, precisamos colocar em prática o que foi trabalhado para conseguir os três pontos”, afirmou o lateral-esquerdo.

Após a saída de Luiz Ga­bardo do comando do São Caetano na última terça-feira, a equipe será dirigido interinamente por Dino Camar­go no jogo deste fim de semana.

À espera do novo técnico, Bruno Recife afirmou que a equipe precisa ser mais “inteligente” se quiser conquis­tar a primeira vitória nesta Copa Paulista em Osasco.

“Precisamos ter um pouco mais de atitude, fazer aquilo que o Dino nos passou, pois tivemos uma semana muito boa de trabalho. É preciso jo­gar com inteligência e ter bom volu­me de jogo para conseguir o resultado positivo”, opinou.

O São Caetano soma um ponto no Grupo 4 da Copa Paulista. O líder é o Esporte Clube São Bernardo, com três. Ao final da primeira fase, os quatro primeiros avançarão à etapa seguinte da competição.

SUCESSOR

O clube ainda não anunciou o sucessor de Ga­bardo, que dirigiu o Azulão em seis jogos na Série D do Campeonato Brasileiro e um na Copa Paulista, com uma vitória, três empates e três derrotas.

Porém, o sucessor de Ga­bardo deve ser mesmo Marcelo Vilar, que dirigia o Ferroviário na Série C. O treinador recebeu proposta do Azulão e já se despediu do clube cearense.

Vilar deixa o Ferroviário na liderança do Grupo A da Série C com 19 pontos em nove partidas.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*