Copa do Brasil, Esportes, Futebol

Jadson estreia e perde pênalti, mas Corinthians elimina o Brusque

Corintianos comemoram a classificação na Copa do Brasil. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansO Corinthians sofreu para eliminar o Brusque na noite de ontem (1º), no Interior catarinense. O time alvinegro eliminou os mandantes nos pênaltis após empate sem gols no tempo normal e garantiu vaga na terceira fase da Copa do Brasil. Jadson perdeu sua cobrança, mas a equipe corintiana venceu por 5 a 4, com o último gol marcado por Romero.

Com a classificação garantida, o Corinthians enfrentará o Luverdense-MT na terceira fase da competição mata-mata. Ao contrário do que ocorreu até aqui, a vaga será decidida em dois duelos. Os mandos de campo serão definidos hoje, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O primeiro tempo foi bastante morno. Pouco criativo, o Corinthians errou muito no setor ofensivo e também não conseguiu pressionar a saída de bola do time da casa. As únicas chances dos primeiros 45 minutos vieram em chutes de longe: dois para a equipe paulista (com Maycon e Felipe Bastos) e uma para o Brusque (com Ricardo Lobo).

Na segunda etapa, o cenário se repetiu, com pouca criatividade das equipes. Aos 12, Fabio Carille promoveu a reestreia de Jadson, que entrou no lugar de Felipe Bastos, mas pouco conseguiu produzir.

A disputa nos pênaltis não trazia boas recordações para o Corinthians, já que a equipe foi derrotada nas últimas quatro oportunidades que decidiu desta forma – Copa do Brasil de 2013, Paulistas de 2015 e 2016 e Florida Cup deste ano.

Jadson perdeu a primeira cobrança do Corinthians. O Brusque fez 4 a 3 e teve a chance da classificação, mas João Carlos acertou o travessão. Jô converteu sua penalidade e igualou a disputa. Nas alternadas, Carlos Alberto mandou para fora e Romero garantiu a passagem para a terceira fase.

 

BRUSQUE 0 (4) X 0 (5) CORINTHIANS

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez. Estádio: Augusto Bauer, em Brusque (SC), ontem (1º) à noite.

BRUSQUE

Rodolpho, João Carlos, Cleyton, Neguete e Carlos Alberto; Mineiro, Boquita (Willian), Leílson e Eliomar; Belusso e Ricardo Lobo. Técnico: Pingo.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Pablo, Balbuena, Arana; Gabriel, Fellipe Bastos (Jadson), Maycon, Romero, Léo Jabá (Giovanni Augusto); Kazim (Jô). Téc­nico: Fábio Carille.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*