Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Ivan Silva: ‘aposto no Marcelo Lima para a sucessão nas eleições de 2024’

Silva: “tenho bom diálogo tanto com a base quanto com a oposição”. Foto: Reprodução Facebook
Silva: “tenho bom diálogo tanto com a base quanto com a oposição”. Foto: Reprodução Facebook

O presidente Jair Bolso­naro promove hoje (6) evento no Palácio do Planalto para dar posse a sete ministros após, na última semana, demitir em um só dia seis integrantes do alto escalão e causar crise com as Forças Armadas. Ao Diário Regional, o vereador de São Bernardo Ivan Feliciano da Silva, o Ivan Silva (PP), afirmou que a mudança de comando é normal e que não existe crise nas Forças Armadas. “Uma parte da imprensa que está ‘plantando’ isso. Se tem uma coisa que é séria neste país são as Forças Armadas”, disse.

Quanto à condução da pandemia pelo governo federal, o parlamentar afirmou que tem apreciado os atos, principalmente do novo ministro da Saúde (Marcelo Queiroga). “Outras pastas também têm me agradado bastante. O presidente só precisa ter um pouco mais de postura, falar menos e trabalhar para que o nosso país saia dessa crise”, destacou.

Na esfera estadual, para Silva, o lado positivo foi a vacina do Butantan, o governo João Doria (PSDB) ficar mais nas questões técnicas e deixar a política para um outro momento. Quanto ao governo Orlando Morando (PSDB), o vereador destacou que o governo vem se destacando durante a crise sanitária, do ponto de vista da saúde, sendo a cidade que mais abriu leitos próprios para tratamento de pacientes com covid.

“A situação é muito difícil, mais graças a boa gestão do governo, a cidade tem absorvido bastante esse impacto. Com a inauguração do Hospital de Urgência, a abertura de novos leitos a ajuda da população nas restrições sa­nitárias o município ainda não entrou em colapso.”

Sobre a atuação da Câmara, o parlamentar ressaltou que a Casa aprovou projetos importantes para o combate à pandemia. “O mais recente foi habilitando a cidade para compra de vacinas. Semana passada todos os vereadores fizeram uma doação de cestas para o Fundo de Solidariedade”, disse.

POLÍTICA ABC

Sobre as conversas de bastidor de que o sucessor de Morando, que dever concorrer a vice-governador de São Paulo, seja Marcelo Lima, Ivan Silva disse que aposta no atual vice para prefeito em 2024. “Hoje ele é maioria absoluta no meio político ser o sucessor do Morando. Já o prefeito, acredito que tenha capacidade de ser até governador, pela competência e experiência na vida pública.”

Silva, que registrou crescimento no número de votos entre uma eleição e outra, é do grupo político do vice-prefeito Marcelo Lima (PSD), mas foi escolhido líder de governo. O parlamentar aposta no diálogo com todos os vereadores para aprovar o maior número de projetos importantes para a cidade. “Não é uma tarefa fácil, mas tenho feito um bom diálogo tanto com a base quanto com a oposição.”

O vereador destacou que ainda é cedo para se avaliar a atuação do presidente da Casa, Estevão Camolesi (PSDB), mas afirmou que houve melhora em relação ao diálogo com os vereadores. “Talvez nunca será fácil o relacionamento no Parlamento, o que se precisa é ter habilidade e bom rela­cionamento com todos, independentemente das representações partidárias”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*