Esportes, Paulistão

Irregular, Corinthians recebe o invicto Palmeiras

Irregular, Corinthians recebe o invicto Palmeiras
Carille não é unanimidade no Corinthians, enquanto Machado vive “lua de mel” no Palmeiras. Fotos: Marco Galvão/Fotoarena/Folhapress e Cesar Greco/Agência Palmeiras

O Corinthians venceu os três dérbis sobre o Palmeiras em 2017. Foi campeão paulista e brasileiro com Fabio Carille no comando. O Palmeiras, apesar dos investimentos em reforços, terminou o ano de mãos abandando. Em 2018, a maré pode virar.

As duas equipes se encontram pela primeira vez no ano hoje (24), às 17h, no Itaquerão. Sob o comando de Roger Machado, o Palmeiras tem a melhor campanha do Estadual e está invicto. O Corinthians não vence há três partidas e não consegue repetir o desempenho do ano passado.

Mais do que isso, Carille não é o homem de confiança do presidente Andrés Sanchez, apurou a reportagem. Entre os cinco candidatos a presidente do clube na eleição realizada no início do mês, Sanchez era o único que não via Carille como o nome ideal para o posto.

Porém, com o Corinthians havia conquistado o principal título do país, apesar dos limitados recursos, não havia como mexer na comissão técnica.

“É um jogo que pode mudar tudo. No ano passado, a gente perdeu o Gabriel (expulso) e foi o jogo que mudou a nossa chavinha. A imprensa e o torcedor começaram a olhar diferente para nosso time”, constatou o técnico corintiano, citando a vitória sobre o Palmeiras em fevereiro de 2017, pelo Paulista.

Diferente

Sem perder no ano, Roger vive lua de mel no Palmeiras. Desde a apresentação em novembro, o técnico tem agradado a diretoria e o elenco.

A leitura do presidente Maurício Galiotte, um dos primeiros avalistas da contratação, é de que Roger defende a filosofia de futebol moderno, jogando para frente, sempre com a bola no chão.

A gestão dos jogadores, que Roger procura copiar de Tite, tem sido uma das preocupações do técnico. Até agora, também nesse quesito, o resultado tem sido positivo.

O clássico ocorre em um torneio que não é a prioridade para as equipes. Na próxima semana, Corinthians e Palmeiras estreiam na Libertadores. Na quarta-feira, o Corinthians enfrenta o Millonarios-COL, em Bogotá. O Palmeiras visita o Junior Barranquilla-COL no dia seguinte.

 

CORINTHIANS X PALMEIRAS

Ár­bi­tro: Raphael Claus. Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo. TV: pay-per-view.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Maycon; Gabriel, Renê Júnior, Jadson, Rodriguinho e Clayson; Romero. Técnico: Fabio Carille.

PALMEIRAS

Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Felipe Melo; Tchê Tchê e Lucas Lima; Willian, Borja e Dudu.  Técnico: Roger Machado.

 

Alvinegro surpreende e contrata Alex Teixeira por empréstimo

O Corinthians surpreendeu e chegou a acordo ontem (23) para a contratação de Alex Teixeira.

Revelado pelo Vasco, o atacante de 28 anos foi emprestado por um ano pelo Jiangsu Suning-CHN e atende ao desejo do clube por um substituto para a vaga de Jô.

Principal reforço da administração do presidente Andrés Sanchez para a Libertadores, Teixeira teve passagem de destaque pelo Shakhtar entre 2010 e 2016.

Atacante de velocidade, com 1,73 m, Alex fez 11 gols na última temporada pela equipe chinesa. O jogador foi adquirido por € 50 milhões pelos chineses em 2016.

Roger indica Palmeiras sem surpresas para dérbi 

O técnico Roger Machado não quis confirmar a escalação do Palmeiras para o clássico de hoje (24) contra o Corinthians, pelo Campeonato Paulista, mas deu a entender que o time que começará jogando em Itaquera será o mesmo que treinou como titular durante a semana na Academia de Futebol.

“Não foge muito do que vocês viram até agora, até porque hoje (ontem) vou trabalhar a estratégia defensiva de bola parada, uma ou outra coisa. É só um polimento. Nesse último dia, não se muda muita coisa”, disse o treinador.

A principal mudança é a volta de Borja, que ficou de fora do empate sem gols com a Ponte Preta na última rodada por dores no joelho. Com o retorno do colombiano ao comando do ataque, Willian volta a atuar como ponta, enquanto Guerra perde a vaga entre os titulares.
Do outro lado, a maior novidade é a presença de Romero como centroavante, onde não costuma jogar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*