Diadema, Minha Cidade, Sua região

Inclusão social é o foco do Plano Plurianual de Diadema

Projeto do Plano Plurianual foi protocolado esta semana na Câmara Municipal. Foto: Divulgação/PMD
Projeto do Plano Plurianual foi protocolado esta semana na Câmara Municipal. Foto: Divulgação/PMD

A retomada do desenvolvimento econômico com inclusão social e redução das desigualdades é a proposta central do Plano Plurianual Participativo (PPA) protocolado esta semana na Câmara. O Plano – mais as leis de Diretrizes Orçamentárias e a Orçamentária Anual – definem o planejamento da cidade para os próximos quatro anos.

Ao fazer a entrega do documento no Legislativo, a Secretária de Planejamento e Gestão, Fatinha Queiroz, des­tacou que a construção do PPA marcou a retomada da participação popular depois de vários anos. “Foram realizadas dez audiências virtuais e também estivemos presencialmente em todos os bairros, e as mais de duas mil opiniões e propostas foram alinhadas e articuladas ao nosso programa de governo”, afirmou.

No total são 36 programas temáticos e administrativos que traduzem o compromisso da atual administração em atender às demandas da população de forma transparente e eficiente. Entre esses programas estão:

. Reestruturação da rede de atenção básica da saúde e da rede de urgência, emergência e hospitalar com a reorganização do Pronto Socorro Central e a construção de um novo hospital e duas Unidades de Pronto Atendimento.

. Qualificação profissional e incentivo ao desenvolvimento tecnológico e de inovação para estímulo da atividade econômica e geração de emprego.

. Desenvolvimento de uma Segurança Cidadã, com resgate da Cultura de Paz, que já foi referência internacional.

. O direito à Educação articulado à proteção integral dos estudantes, com o desenvolvimento de projetos como o Adolescente Aprendiz e o Quarteirão da Educação.

. Uma cidade moderna e bem cuidada, com drenagem urbana, asfalto, iluminação e um transporte mais qualificado.

. Viabilização de uma cidade conectada por meio de canais inovadores, participativos e transparentes.

Diante da situação financeira da prefeitura, Fatinha Queiroz destacou a necessidade de captar recursos e outras formas de financiamento para garantir a viabilidade desses programas. “Não vamos medir esforços para recuperar a receita do município e realizar as parcerias que forem necessárias para a melhoria da qualidade de vida da nossa população”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*