Uncategorized

Incêndio atinge comércio na região da 25 de Março

Incêndio na manhã desta quarta-feira (12) consumiu prédio comercial de três andares no centro de São Paulo. Não houve vítimas. O fogo ocorreu em uma loja de tecidos na esquina das ruas Jorge Azem e Cavalheiro Basílio Jafet, na região da rua 25 de Março -​ centro popular e comercial da capital-, e se alastrou para um prédio ao lado. Não se sabe ainda a causa do incêndio. No mesmo prédio da loja, funciona um bar, que também foi atingido.

No total, quatro estabele­cimentos na rua Jorge Azem foram interditados pela Defesa Civil municipal, por danos estruturais, e correm risco de colapso. No prédio que também foi afetado pelo fogo, ao lado da loja de tecidos, havia uma loja de artigos para festas.

O Corpo de Bombeiros empenhou ao todo 31 viaturas e 90 agentes para controlar as chamas. O chamado foi re­gistrado às 8h19. Com grande acúmulo de material inflamá­vel, como papel e tecidos, o fogo só foi controlado por volta das 13h.

O prédio onde operava a loja de tecidos A Gaivota não possuía AVCB, o certificado de proteção contra incêndios emitido pelos Bombeiros. Na véspera do incêndio, terça-feira (11), foi publicado um decreto do governador Márcio França (PSDB) que institui um regulamento de segurança contra incêndios no estado. Entre os objetivos, está o de “fomentar o desenvolvimento de uma cultura prevencionista de segurança contra incêndios”.

A expectativa é que, em 120 dias, com o novo código, o Corpo de Bombeiros tenha autonomia para fiscalizar edificações e áreas de risco, como ocupações, em que não costuma haver fiscalização -​caso do edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou após ser consumido pelas chamas em 1º de maio.

Por causa do risco de desabamentos, estão sob interdição total de trânsito as ruas Jorge Azem e Cavalheiro Basílio Jafet, e a Ladeira da Constituição. A 25 de Março já estava sem a circulação de carros justamente devido ao aumento da concentração de pessoas devido às compras de fim de ano.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*