Mauá, Minha Cidade, Sua região

Inaugurado em dezembro, Parque da Juventude tem quadras interditadas

Quadras foram construídas em área de segurança, o que pode provocar acidentes. Foto: Eberly LaurindoInaugurado pelo então prefeito de Mauá Donisete Braga (PT) no dia 23 de dezembro, uma semana antes de o petista deixar o cargo, o Parque da Juventude teve parte de suas instalações interditada pela Defesa Civil.

A interdição compreende duas quadras poliesportivas situadas abaixo de uma rede de alta tensão da Eletropaulo. Uma delas está localizada a alguns metros de uma torre.

“Recebemos o parque ina­cabado e, pior, com um grande erro técnico que pode levar à morte seus usuários, porque as quadras foram construídas em área de segurança. Não nos restou alternativa a não ser interditar o local”, disse o prefeito Atila Jacomussi (PSB).

A reportagem do Diário Regional visitou o parque e constatou que as quadras estão isoladas com faixas de interdição. Havia também uma viatura da Guarda Civil Municipal (GCM) no local.

Jacomussi destacou que o risco de acidentes aumenta nesta época do ano, devido às chuvas constantes. “O prefeito anterior esqueceu de olhar para cima”, criticou. Segundo o socialista, a Eletropaulo notificou a prefeitura duas vezes sobre a construção das quadras em área de segurança, uma delas ainda em 2015.

O Parque da Juventude demandou investimentos de R$ 1,8 milhão, proveniente da contrapartida paga pe­lo Desenvolvimento Ro­doviário S/A (Dersa) às obras do trecho Sul do Rodoanel. Abriga pistas de skate, palco para apresentações culturais, playground e academia ao ar livre, entre outros equipamentos.

Porém, segundo o prefeito, há mais problemas no parque, como banheiros sem louça sanitária nem bebedouros, pista de caminhada irregular e palco com pichações. A prefeitura deve se reunir nos próximos dias com Eletropaulo, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros para definir uma solução para o problema. (AA)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*