Saúde e Beleza

Hospital Pequeno Príncipe promove curso prático com técnicas de correções de malformações urogenitais

Hospital Pequeno Príncipe promove curso prático com técnicas de correções de malformações urogenitais
Com o objetivo de atualização e troca de experiências sobre hispospádias, genitoplastia e extrofia vesical, especialistas de diferentes regiões do Brasil reuniram-se em Curitiba na última semana. Foto: Divulgação

O Hospital Pequeno Príncipe promoveu o 1º Curso Prático de Hipospádias, Genitoplastias e Extrofia Vesical – com técnicas de correções de malformações urogenitais – com o objetivo de proporcionar a troca de experiências de forma prática sobre esses temas tão presentes na urologia e cirurgia pediátricas. Durante cinco dias, 80 médicos de diferentes regiões do Brasil estiveram em uma imersão na instituição com o cirurgião e urologista pediátrico João Luiz Pippi Salle, que atualmente é chefe de Urologia Pediátrica do Sidra Medicine, em Doha (Catar).

Durante o evento de abertura, o diretor técnico do Hospital Pequeno Príncipe, Donizetti Dimer Giamberardino Filho, reforçou a importância deste curso, que também posiciona a instituição como referência na pediatria ao longo desses 100 anos de história. “Esse é um momento de troca de vivências e conhecimentos, com a missão nobre de promover a saúde das crianças e adolescentes. Isso é resultado de muitos anos de trabalho de toda equipe de Urologia Pediátrica da nossa instituição, que existe desde a década de 1980”, enfatizou o diretor.

De acordo com o chefe de Urologia Pediátrica do Hospital Pequeno Príncipe, Antonio Carlos Moreira Amarante, que esteve à frente na organização e condução do curso, a ideia desta formação é tratar desde problemas comuns até os mais complexos e raros. “Para isso, utilizamos toda experiência do dr. Pippi e também dos nossos médicos. Foi surpreendente a quantidade de especialistas que vieram de fora do Paraná para participar do curso, que chamou a atenção por ter totalmente prático”, completou.

Durante os cinco dias de curso, várias cirurgias foram realizadas e transmitidas em tempo real para que os participantes pudessem tirar dúvidas e ver as técnicas. Entre elas, correções de malformações dos aparelhos genitais femininos e masculinos, além de tratamentos de extrofia vesical por meio da técnica de Kelley. “Todos vieram aqui para aprender com as complicações que surgem, pois assim podemos crescer e nos desenvolver. Parabéns ao Pequeno Príncipe pela iniciativa e por compartilhar uma estrutura excelente e médicos extremamente qualificados para essa missão de salvar ainda mais vidas”, destacou o cirurgião e urologista pediátrico João Luiz Pippi Salle, que é referência na área.

Homenagem especial

O evento de abertura do 1º Curso Prático de Hipospádias, Genitoplastias e Extrofia Vesical foi também um momento de agradecimento por todos os profissionais do Hospital Pequeno Príncipe que marcam a história da Urologia Pediátrica da instituição há 40 anos. Em especial, ao cirurgião e urologista pediátrico Antonio Ernesto da Silveira, que durante todo esse período dedica seu tempo, talento e amor à saúde infantojuvenil. “Tenho a maior alegria do mundo em fazer parte desta equipe. Todos são um orgulho para o futuro. Sinto um espírito familiar, pois tenho a certeza que aqueles que nos sucedem são ainda melhores que nós”, agradeceu emocionado o médico, que atuou como chefe da Urologia Pediátrica da instituição até 2018.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*