Brasil, Editorias, Notícias

História e boa comida em Tiradentes

História e boa comida em Tiradentes
Centro histórico de Tiradentes concentra a maior parte dos pontos turísticos da cidade, como igrejas bar­ro­cas, restaurantes e pousadas. Foto: Divulgação/Setur-MG

Tiradentes, cidade minei­ra situada a 190 km de Belo Horizonte, é o típico destino para quem deseja se afastar da agitação dos grandes centros urbanos e procurar um local calmo para descansar. O município se orgulha de seu rico acervo arquitetônico, que parece se tornar ainda mais bonito e aconchegante no inverno, mas outra atração estará em evidência nos pró­ximos dias: a gastronomia.

Entre os dias 23 de agosto e 1° de setembro, a cidade recebe a 22ª edição do Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes. O evento terá grande diversidade de atra­ções gastronômicas, es­paço para degustação, ativida­des culturais, cozinhas ao vivo e aulas teóricas e interati­vas com chefes re­nomados.

Neste ano, os Festins são a grande novidade. Os jantares voltam a ser protagonizados por chefs nacionais renomados, como Marcelo Petrarca (DF), Alberto Landgraf (RJ), André Mifano (SP), Morena Leite (SP), Henrique Gilberto (MG) e Marco Gil (CE).

Os estandes se dividem entre as praças da Rodoviária e a Campos das Vertentes, com pratos variados. Ambas também recebem o espaço Origem ao Prato, no qual convidados preparam em tempo real receitas que podem ser degustadas pelos visitantes. Na Praça do Conhecimento haverá os espaços Interativo, no qual o público cozinha com os chefs; e Degustação, com palestras de especialistas em gastronomia.

Segundo o secretário de Tu­rismo e Cultura de Tiradentes, Henrique Rohrmann, o festival costuma receber turistas de todo o país. “O evento tem grande importância para fomentar a economia e destacar o turismo da cidade. Além disso, a valorização da gastronomia local é um dos principais objetivos”, afirmou.

O evento é organizado pe­lo Fartura Brasil e abre espaço para a divulgação de restaurantes locais. A programação pode ser consultada no site www.farturabrasil.com.br/blog-festivais/tiradentes.

Entre um quitute e outro, o visitante pode conhecer o encanto da charmosa cidade que recebeu o nome do mártir da Inconfidência Mineira (1789), nascido na região e que morreu lutando contra a monarquia portuguesa.

Quem visita a pequena cidade de 7 mil habitantes que faz parte do circuito da Estrada Real tem contato com paisagem cercada de muito verde e composta por construções coloniais. O centro histórico de Tiradentes concentra a maior parte dos pontos turísticos da cidade, como igrejas bar­ro­cas, restaurantes e pousadas, que são sempre disputadas nos feriados prolongados e em épocas mais frias.

Outra atração da cidade é o mais antigo trem em operação no Brasil: a Maria Fumaça, que liga Tiradentes a São João Del-Rei. O passeio leva o passageiro por 12 km na Estrada de Ferro Oeste de Minas, passan­do pela Serra de São José, ou­tro pon­to turístico procu­rado para quem gosta de ecoturismo.

Fora do festival, a gastronomia também é atra­tivo da cidade. Com arqui­te­tura barroca e car­­dá­pio típico de Minas, os res­tau­rantes de Tiradentes con­tri­buem pa­ra dar à cidade char­me a mais.

COMO CHEGAR – De carro: são 490 km desde a Capital. Seguir pela Rodovia Fernão Dias e sair no trevo pró­ximo a Lavras, na BR-265. Dali são 115 km até a cidade. De ônibus: a viação Util oferece bi­lhetes para São João Del Rei com preço a partir de R$ 112,62. O percurso dura oito horas e meia. De lá, ônibus fazem o trajeto até Tiradentes.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*