Editorias, Notícias, São Paulo

Governo Doria amplia funcionamento de atividades econômicas até 0h e capacidade para 80%

Doria: “a vida está voltando ao normal no estado de São Paulo”. Foto: Governo do Estado de SP
Doria: “a vida está voltando ao normal no estado de São Paulo”. Foto: Governo do Estado de SP

O governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (28) a ampliação da capacidade de público presencial e horário de funcionamento de comércios e serviços não essenciais a partir do próximo domingo (1º). Segundo o governo, com as sucessivas melhoras nos índices de saúde e vacinação acele­rada contra a covid, os estabe­lecimentos poderão funcionar entre 6h e 0h, com ocupação presencial de até 80% da capacidade. O Governador também confirmou o fim do toque de recolher durante as madrugadas.

Se a contenção da pandemia e os reflexos da vacinação continuarem positivos, o governo do Estado planeja avançar da fase de transição para a etapa de retomada segura a partir de 17 de agosto. Segundo o Estado, a expectativa é eliminar todas as restrições de horário e liberar atendimento presencial com capacidade de 100%, mas com manutenção das regras para máscaras, distanciamento e protocolos de higiene a partir da segunda quinzena do próximo mês.

Na retomada segura, as regras gerais e setoriais de segurança sanitária continuarão as mesmas da fase de transição e válidas para os 645 municípios. As prefeituras vão manter autonomia para determinar rigidez de restrições se as circunstâncias locais da pandemia e capacidade hospitalar tiverem piora.

“Continuamos passo a passo, de forma segura, flexibilizando e voltando ao normal. A vida está voltando ao normal no estado de São Paulo. São Paulo teve uma queda subs­tancial de casos, internações e, felizmente, de óbitos, porque aqui seguimos protocolos de saúde e a orientação da medi­cina”, destacou João Doria.

O acesso de clientes a shoppings, galerias, lojas de rua, bares e restaurantes deverá ser interrompido às 23h, com atendimento permitido até meia-noite. Todas as atividades econômicas devem obedecer aos protocolos setoriais de segurança sanitária previstos no Plano SP (saopaulo.sp.gov.br/planosp/).

Eventos que geram aglomerações – casas noturnas, shows de médio e grande porte, competições esportivas com público, etc – continuam proibidos, com possibilidade de reabertura condicionada aos resultados de eventos modelo sob supervisão das autoridades de saúde e averiguação pelo Centro de Contingência do coronavírus.

O Governo do Estado mantém a recomendação de escalonamento de horários para entrada e saída de trabalhadores dos setores de comércio, serviços e indústrias. Também seguem liberadas as celebrações individuais e coletivas em igrejas, templos e espaços religiosos, sob rígido cumprimento de protocolos de higiene e distanciamento social.

Parques estaduais

Outra novidade a partir deste domingo é a reabertura dos parques urbanos e unidades de conservação estaduais em horário integral. A lista completa de áreas verdes com visitação liberada e seus respectivos horários está disponível no site da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (infraestruturameioambiente.sp.gov.br ).

VACINAÇÃO

Doria anunciou, também, a antecipação do calendário de vacinação. A conclusão da imunização dos adultos deve ocorrer em 16 de agosto, quatro dias antes da previsão anterior. Adolescentes também terão vacinação antecipada.
Quem tem entre 28 e 29 anos poderá se vacinar a partir desta sexta-feira (30). Quem tem entre 25 e 27 anos poderá se imunizar a partir de 5 de agosto. As pessoas com idades entre 18 e 24 anos serão vacinadas a partir de 10 de agosto. O ‘Dia da Esperança’ passa a ser 16 de agosto, quando toda a população adulta de SP deverá ter recebido pelo menos a primeira dose.

A imunização dos adolescentes de 12 a 17 anos será antecipada para 18 de agosto. A partir desta data, começa a imunização com a priorização dos que possuem deficiências, comorbidades, gestantes e puérperas. Esse grupo deve ser inteiramente vacinado com pelo menos uma dose até o dia 29 de agosto.

Os demais adolescentes poderão se vacinar na sequência. Entre 30 de agosto e 5 de setembro será a vez dos que têm idade de 15 a 17 anos. Na sequência, os que têm de 12 a 14 anos serão imunizados no período de 6 a 12 de setembro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*