Uncategorized

Governo de SP começa reforma dos jardins do Museu do Ipiranga

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta terça-feira, 31, o início das obras de restauração do Jardim Francês que fazem parte da reforma do Museu do Ipiranga. A reabertura acontecerá em setembro de 2022 para a celebração do bicentenário da Independência do Brasil.

O projeto prevê a restauração de toda a área construída e botânica do Jardim Francês, além da construção de um restaurante com 270m², espaço para food bikes, modernização da iluminação e das vias de acesso, além do resgate de duas fontes do projeto original, demolidas em 1972. Será um novo espaço para a convivência dos frequentadores da praça, do museu e do parque.

O Jardim também vai abrigar um relógio para a contagem regressiva de um ano para a reabertura oficial do Museu do Ipiranga. As redes sociais do Museu já iniciaram a marcação: hoje, faltam 372 dias para a reabertura.

De acordo com o secretário de Cultura, Sérgio Sá Leitão, as obras estarão finalizadas até 31 de março do ano que vem. Nesta data começam as instalações das exposições, que vão até agosto. A partir do dia 7 de agosto do ano que vem, o Festival do Bicentenário da Independência vai promover um mês de atividades culturais e artísticas para celebrar a reabertura. No dia 7 de setembro, um show dos cantores João Bosco e Martinália, gravado durante as obras, também será exigido de forma virtual.

O projeto de reforma, parceria do governo estadual com a Prefeitura de São Paulo e mais 21 empresas, envolve oito intervenções. Além do restauro e ampliação do edifício e a reforma do Jardim Francês, a Sabesp atua na despoluição do córrego do Ipiranga.

A Prefeitura também conduz as reformas do entorno, com a recuperação das calçadas, da iluminação e do projeto paisagístico. De acordo com o governo estadual, a revitalização é o maior projeto cultural em andamento no País. De acordo com o governo estadual, 70% dos trabalhos foram concluídos.

O investimento total nas obras é de R$ 210 milhões, dos quais R$ 170 milhões foram captados junto à iniciativa privada, com e sem Lei Rouanet.

Durante a entrevista coletiva de apresentação da nova fase da reforma, o governador João Doria evitou comentar outros temas, como o assalto em Araçatuba, no interior, na madrugada de segunda-feira, 30, quando uma quadrilha invadiu e atacou pelos menos três agências bancárias. “Vamos focar no Museu do Ipiranga São poucas as oportunidades de darmos boas notícias e hoje temos boas notícias para dar. A população merece. Não tem sido assim no País ultimamente”, afirmou João Doria.

O museu foi fechado em 2013 devido a problemas graves nas condições físicas e estruturais, como rachaduras e infiltrações do teto ao chão e falta de equipamentos adequados de combate a incêndios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*