Editorias, Notícias, São Paulo

ABC passa para fase de transição e comércios e cultos estão liberados

Atualizada às 21h

Academias, salões de beleza, restaurantes e bares só retomam atendimento a partir do dia 24

Governo de SP anuncia fase de transição e autoriza reabertura do comércio com restrições. Foto: governo do Estado de SPO ABC entra neste final de semana na fase de transição do Plano São Paulo de flexibilização. O anúncio da nova etapa da quarentena foi feito em coletiva nesta sexta-feira (15) pelo vice-governador Rodrigo Garcia. A fase de transição, dividida em duas etapas, vale para todo Estado e segue até o dia 2 de maio.

De 18 a 23 de abril a flexibilização da quarentena acontecerá para o setor do comércio, incluindo lojas de shopping, com funcionamento permitido das 11h às 19h. Nessa etapa será permitida a realização de cerimônias e cultos religiosos com restrições. A capacidade de ocupação permitida nos estabelecimentos na fase de transição será de 25%.

Governo de SP anuncia fase de transição e autoriza reabertura do comércio com restrições. Foto: governo do Estado de SP

Já de 24 a 30 de abril poderão voltar a funcionar as atividades ligadas ao setor de serviços, como restaurantes e similares, salões de beleza e barbearias, atividades culturais, parques, clubes e academias. O horário de funcionamento será das 11h às 19h, com exceção das academias, que poderão abrir das 7h às 11h e das 15h às 19h.
O toque de recolher continua em vigência em todo o Estado, das 20h às 5h, assim como a orientação para o teletrabalho e escalonamento de horário na entrada e saída das atividades do comércio, serviços e indústrias.

QUEDA

Segundo o governo do Estado, nas últimas semanas os indicadores da saúde apresentaram redução progressiva, com queda nas internações e diminuição da ocupação hospitalar, o que permitiu o avanço para retomada gradativa das atividades não essenciais.

“A fase de transição é necessária para que possamos dar passos seguros adiante sem o risco de retroceder. O apoio da população neste novo momento da pandemia continua sendo fundamental. Não é hora de baixarmos a guarda”, afirmou Rodrigo Garcia.

Segundo o governo do Estado, as medidas mais rígidas de restrição da fase vermelha, o avanço na vacinação e a expansão de leitos hospitalares resultaram em redução de 1,4% ao dia em novas internações e de 0,8% ao dia em UTIs para pa­cientes moderados e graves com covid-19.
Nesta semana, o Consórcio ABC, com base na queda das infecções e na taxa de ocupação de leitos, enviou ofício ao governo estadual solicitando que os sete municípios da região passassem para a fase laranja. Segundo o documento, a região alcan­çou a ocupação média de 79,86% nos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) destinados à covid-19.

O presidente do Consórcio ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, ressaltou que a retomada das atividades econômicas deve ocorrer com a continuidade de todos os cuidados para evitar a propagação do vírus. “A prevenção é fundamental para realizarmos a retomada de atividades. Enquanto ainda não é possível vacinar toda a nossa população, é essencial manter sempre as mãos higienizadas com álcool em gel e seguir com uso correto de máscaras”, afirmou Paulo Serra.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*