Economia, Notícias

Governo acena com mais garantias para trabalhador terceirizado

Temer articula aprovação de novo projeto no Senado. Foto: Valter Campanato/ABrApesar de a Câmara ter aprovado na quarta-feira (22) proposta que libera de forma ampla a terceirização no país, o presidente Michel Temer e parlamentares aliados articulam a aprovação de um segundo projeto sobre o tema, agora pelo Senado, com mais garantias aos trabalhadores terceirizados.

Para integrantes do governo, essa é uma forma de reduzir o desgaste para o presidente, que poderá combinar a sanção e o veto de partes de cada projeto. Embora tratem do mesmo tema, os dois textos são distintos nas regras de proteção aos trabalhadores.

O que a Câmara aprovou na quarta-feira e enviou à sanção de Temer é de 1998 e traz apenas três salvaguardas genéricas aos terceirizados. O que o Senado ainda irá votar foi amplamente debatido em 2015 e tem ao menos 50 itens de proteção.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*