Brasil, Editorias, Notícias

Governador obriga uso de máscara nas ruas em todo o Estado

Governador obriga uso de máscara nas ruas
Uso de máscaras nas ruas será fiscalizado pelas 645 prefeituras. Foto: Divulgação/GESP

Um decreto que será publicado nesta terça-feira (5) tornará obrigatório o uso de máscaras por todos os cidadãos que saírem às ruas do Estado de São Paulo, segundo informou nesta segunda o governador João Doria (PSDB). A medida vai valer a partir do dia 7.

A punição pelo não cumprimento da regra, entretanto, ficará a cargo de cada uma das 645 prefeituras do Estado, que vão determinar, em cada município, como fiscalizar e punir o descumprimento das regras. As cidades terão de editar decretos complementares.

“A partir de hoje já passa a valer a obrigatoriedade do uso de máscaras em todos os meios de transporte público e privado e agora estendemos isso à população, com o objetivo de proteger os brasileiros de São Paulo, para que tenham menos possibilidade de serem infectados ou irem a óbito”, afirmou Doria.

No último domingo, a taxa de isolamento do Estado ficou em 59%, abaixo da meta de 70% prevista pelo governo para retardar de forma satisfatória a disseminação do coronavírus. Até o domingo, 87,1% dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) da região metropolitana de São Paulo estavam ocupados.

Doria voltou a afirmar que as cidades com isolamento abaixo dos 50% não terão nenhum tipo de flexibilização no isolamento social. A quarentena – que determina o fechamento de serviços não essenciais – vai até o dia 10. A decisão sobre a extensão ou flexibilização do isolamento social será anunciada na próxima sexta-feira (8).

A obrigação em se usar máscaras começou a valer nesta segunda-feira para o transporte público na Capital, bem como nas composições da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e do Metrô. No caso dos ônibus da Capital, há multa de R$ 3 mil às empresas de ônibus a cada coletivo flagrado transportando passageiros sem a proteção.

O governador voltou a afirmar que o Brasil passa agora pelo período mais “duro” e “difícil” da pandemia do novo coronavírus, à medida que o número de casos no país ultrapassa a marca de 100 mil infectados. Doria ainda afirmou que, não fosse a quarentena imposta pelo governo e municípios de São Paulo, o Estado teria volume dez vezes maior de mortos pela covid-19, com total de 26 mil óbitos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe eu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*