Esportes, Paulistão

Gabigol deve voltar ao time do Santos para última rodada do Paulista

Classificado para as quartas de final e tendo pela frente o Botafogo, o Santos ainda precisa garantir o direito de atuar como mandante no duelo da volta. Líder do Grupo D, com 18 pontos, o alvinegro leva dois de vantagem em relação ao time de Ribeirão Preto. Caso os santistas empatem e o adversário derrote o Corinthians, neste domingo (11), no interior, ainda seria necessário descontar o saldo de gols, hoje em 6 a 0 para a equipe de Jair Ventura.

Para sacramentar a primeira colocação sem sustos, o técnico Jair Ventura deve escalar o que tem de melhor no elenco, neste domingo, na Vila Belmiro, contra o São Bento, que já está eliminado do Campeonato Paulista.

Dessa forma, a grande novidade será o atacante Gabigol. O camisa 10 foi poupado na partida contra o Novorizontino. O jogador, que estava suspenso contra o Corinthians, sofreu uma pancada no tornozelo no jogo contra o Santo André, e a comissão técnica não quis correr riscos no duelo em Novo Horizonte.

Autor de gols em todas as quatro partidas que disputou neste Paulistão, o avante ficou para trás na luta dos artilheiros. O palmeirense Borja fez um contra o São Paulo e assumiu a liderança isolada, com seis tentos.

A ideia de colocar Gabigol em ritmo de jogo visa também às duas frentes na próxima semana. Há o encontro com o Nacional-URU, na quinta-feira, em casa, pela Libertadores. Depois, no final de semana, a partida de ida do mata-mata estadual.

O retorno de Gabigol acirra a concorrência no ataque. Se Eduardo Sasha também retornar, os garotos Arthur Gomes, Yuri Alberto e Rodrygo disputarão uma vaga. O técnico Jair Ventura sinalizou que o último é o favorito.

Nova casa

A tendência é que o Santos mande seu jogo das quartas de final no Pacaembu. A diretoria alvinegra deve solicitar à Federação Paulista de Futebol o mando na capital. O mata-mata será disputado nos dias 18 e 22 de março. O Peixe tenta a liberação de Yuri Alberto e Rodrygo da seleção brasileira sub-20. Os dois jogadores foram chamados para dois amistosos contra o México, em Manaus, nos dias 21 e 25. A apresentação está marcada para o dia do primeiro duelo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*