Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Funcionários da coleta de lixo e limpeza pública de São Bernardo continuam em greve

Lixo não está sendo recolhido. Foto: Arquivo Os funcionários que fazem a coleta de lixo e a limpeza pública em São Bernardo continuam em greve.

Segundo o Siemaco ABC (Sindicato dos Empregados em Empresa de Prestação de Serviços) cerca de 800 trabalhadores estão sem pagamento de salários e benefícios referentes a janeiro. A greve teve início ontem (6).

A SBC Valorização e Resíduos alega problemas financeiros por falta de pagamento da prefeitura. A empresa informou, por meio de nota que, “a falta de pagamento recente que já se alonga por 73 dias, atinge diretamente a capacidade de operação da empresa, nos incapacitando de continuar a executar os serviços e a honrar nossos compromissos com funcionários e fornecedores. Assim, após inúmeros ofícios, prévios, indicando a falta de recursos para custear as despesas dos serviços já prestados, incluindo os salários dos funcionários (ref. Janeiro de 2017), hoje fomos surpreendidos com um caminhão do sindicato, na porta da empresa obstruindo a saída dos equipamentos e colaboradores, exigindo o pagamento dos salários da categoria”.

Segundo a empresa, não são todos os serviços que foram impedidos pelo Sindicato de iniciar seus trabalhos. Operações como limpeza de bocas de lobo, serviços de capina e roçada, serviços de varrição de vias, sistema de coleta nos ecopontos, e Centrais de Triagens, ocorreram normalmente ontem (6).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*