Diadema, Minha Cidade, Sua região

Funcionário da saúde é preso por furto de material hospitalar no Quarteirão da Saúde

Funcionário da saúde é preso por furto de material hospitalar no Quarteirão da Saúde
Materiais aprendidos na ocorrência foram avaliados pela prefeitura em R$ 20 mil. Foto: Divulgação/PMD

Um funcionário estatutário com dez anos de atuação na área da Saúde foi preso na noite desta sexta-feira (30) acusado de furtar material hospitalar, como máscaras e luvas, no Quarteirão da Saúde, localizado no Centro de Diadema.

H.R.P. foi detido em flagrante pelos agentes de segurança da Guarda Civil Municipal (GCM) inspetor Rosair e GCM Carelli, portando mochila com materiais como luvas de procedimento não cirúrgico que haviam sido subtraídos do almoxarifado do equipamento de saúde municipal, ao final de seu turno de trabalho.

Os materiais aprendidos nesta ocorrência, que foi registrada na 3° Distrito Policial (DP), situado no bairro Taboão, em Diadema, foram avaliados pela prefeitura em R$ 20 mil.

Em nota oficial, a Prefeitura de Diadema informou, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, que o flagrante faz parte de investigação prévia, que teve início no momento em que a gestão da Saúde percebeu diferenças no estoque do Quarteirão, e conta com apoio estratégico da Secretaria Municipal de Defesa Social.

A nota informa ainda que, “após o flagrante, o funcionário foi acompanhado pelos agentes até sua residência para averiguações e lá foram apreendidos outros materiais, como compressas e máscaras de proteção individual”. No 3° DP de Diadema, o funcionário foi ouvido e foi lavrado Boletim de Ocorrência.

A prefeitura informou que repudia a conduta do profissional e a considera gravíssima. O ato ainda configura crime contra a saúde pública e demonstra total falta de respeito e empatia com colegas e pacientes, uma vez que estamos em uma pandemia e os itens são fundamentais para garantir a segurança/proteção das equipes que atuam na linha de frente do enfrentamento à covid-19.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*