Mauá, Política-ABC, Sua região

Funcionalismo de Mauá reivindica aumento salarial de 12,86% e abono de R$ 450

Funcionalismo de Mauá reivindica aumento salarial de 12,86% e abono de R$ 450
Presidente do sindicato da categoria Jesomar Alves Lobo fala em corrigir perdas dos trabalhadores. Foto: Divulgação/Sindserv

O Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv) de Mauá entrega hoje (1º) ao prefeito Atila Jacomussi (PSB) a pauta de reivindicações da campanha salarial 2018. Após realizar pesquisa de opinião entre os trabalhadores da prefeitura, a categoria pede aumento de 10%, correção da inflação (2,86%) e novo abono mensal de R$ 450, com incorporação aos vencimentos até o fim do ano.

O abono de R$ 450 é reivindicado para quem recebe até quatro vezes o piso da categoria e a correção da inflação oficial para os demais. Segundo o presidente da entidade, Jesomar Alves Lobo, é importante buscar soluções para corrigir as perdas de todos os trabalhadores.

“No ano passado o abono salarial foi a melhor maneira de repor as perdas no poder de compra, inclusive com ganhos acima da inflação a maioria dos trabalhadores. Porém, neste ano precisaremos estudar novas possibilidades que atinjam um resultado satisfatório e apropriado à solução das demandas do funcionalismo”, defendeu.

De acordo com dados apresentados pela Secretaria de Finanças em audiência pública na tarde de ontem (28), a cidade gastava em dezembro de 2017 32,64% da receita corrente líquida com despesas de pessoal, o que permite margem para negociação do aumento. O limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) é de até 54%

Alimentação

Os servidores de Mauá pedem ainda o aumento do auxílio alimentação para R$ 450, com base no valor da cesta básica medida pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O valor pedido representa reajuste de 32,35% no benefício.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*