Esportes, Paulistão

FPF convida Água Santa para Conselho Técnico e sinaliza clube na elite em 2020

FPF convida Água Santa para Conselho Técnico e sinaliza clube na elite em 2020
Água Santa chegou às semifinais da Séria A2 deste ano e acabou na terceira posição. Foto: Arquivo

A Federação Paulista de Futebol (FPF) convidou o Água Santa para o Conselho Técnico que definirá o formato do Estadual de 2020 e, assim, está praticamente confirmada a presença do Netuno na elite da competição no próximo ano. A reunião será realizada na próxima terça-feira (22), na sede da entidade, na Capital.

A informação encerra o imbróglio criado em março, quando o Red Bull Brasil anunciou fusão com o Bragantino e, com isso, abriu uma vaga na Série A1 do Campeonato Paulista do próximo ano.

Terceiro colocado da Série A2 neste ano, o Água Santa deve herdar a vaga que o São Caetano – penúltimo colocado no Paulistão deste ano e, por isso, rebaixado – chegou a reivindicar, sem sucesso.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do Água Santa informou que o clube foi convidado pela FPF para a reunião, mas não confirmou a participação no Paulistão do próximo ano.

Porém, em documento enviado aos clubes que teria vazado nesta terça-feira (15), a FPF informa que as 16 equipes participantes serão divididas em quatro potes para o sorteio dos grupos e que o Água Santa estaria no pote 4, juntamente com Santo André, Internacional – campeão e vice da Série A2 neste ano – e RB Bragantino (novo nome do time de Bragança Paulista).

A direção do Água Santa já havia participado – a convite da FPF – do conselho preliminar do Paulistão, realizado na semana passada, na sede da entidade.

A confiança do Água Santa no acesso era tamanha que, em abril, antes mesmo do encerramento da Série A2, o clube iniciou reforma no estádio do Inamar, com a demolição da arquibancada do gol de fundo – que foi erguida em 2016, mas nunca foi usada, por conta de problemas estrutu­rais – e a cons­trução de outra no local.

O objetivo era elevar a capaci­dade do estádio de 8 mil para 10 mil torcedores, mínimo exigido pela federação para disputar a elite estadual.

DATAS

Entre os assuntos que serão discutidos no Conselho Técnico figura o número de datas do Paulistão. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) estabeleceu para o calendário em 2020 que os estaduais terão 16 datas. Porém, se a FPF determinar a manutenção do regulamento adotado em anos anteriores, serão necessárias 18.

Há duas saídas: marcar duas rodadas do Paulistão para datas-Fifa, em março, o que poderia desfalcar as equipes grandes; e estabelecer a realização das quartas de final e semifinal em jogo único, com a redução no total de datas de 18 para 16, como determina o calendário da CBF.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*