Economia, Notícias

Força-tarefa fiscaliza 48 postos de combustível na região

Fiscal verifica funcionamento de bomba em posto da região. Foto: Divulgação/Ipem-SPForça-tarefa realizada nesta se­mana em 15 cidades paulistas fiscalizou 216 postos de combustível, dos quais 48 no ABC. Em um estabelecimento – localizado no Parque das Nações, em Santo André – foi constatada fraude.

A operação conjunta teve a participação de fiscais da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), do Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (Ipem-SP), da Fundação Procon-SP e da Secretaria de Estado da Fazenda.

Na região, a força-tarefa percorreu postos localizados em Diadema, Santo André, São Bernardo e São Caetano. Os fiscais do Ipem-SP checaram o funcionamento de 225 bombas e, em 33 delas, foram encontradas irregularidades, como erros no volume medido, vazamentos e selagem e lacres violados.

O balanço da operação no Estado mostra que a ANP interditou quatro estabelecimentos após fla­grar gasolina e etanol fora das especificações e lavrou 59 au­tos de infração por motivos diversos, como painel de preços em desacordo com as normas.

O Ipem-SP autuou 19 pos­tos por apresentar irregularidades nas bombas, e o Procon-SP lavrou 18 autos de infração por motivos como falta de informação de preços e publicidade enganosa.

A ANP colocou em operação um equipamento que permite a detecção do metanol no combustível, em exame feito no próprio posto. O metanol é um álcool altamente nocivo à saúde que, por ser de menor custo, tem sido irregularmente adicionado ao etanol anidro e à gasolina.

“As operações coordenadas, como essa, ganham robustez porque somam expertise e trazem mais resultados para a fiscalização, resultando, inclusive, em ganho de confiança do consumidor, que vê a mão do Estado em sua defesa”, afirmou Noel Santos, chefe do Núcleo de Fiscalização da ANP.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*