Política-ABC, Ribeirão Pires, Sua região

‘Forasteiro’ lidera a disputa pela prefeitura

Kiko rejeita título atribuído por opositores; Saulo tem gestão mal avaliada

O ex-prefeito de Rio Grande da Serra e candidato a prefeito de Ribeirão Pires Adler Teixeira, o Kiko (PSB), lidera as pesquisas de intenção de voto na cidade. O postulante é acusado pelos adversários de ser “forasteiro”, afirmação rechaçada pelo socialista em entrevista ao Diário Regional. “Ribeirão e Rio Grande são cidades muito próximas (…) Esses limites territoriais não influenciam no sentido de conhecer a cidade”, declarou.

A campanha foi agitada também pela “quase” desistência da tentativa de reeleição do prefeito Saulo Benevides (PMDB). Em 2 de agosto, na convenção que homologaria o nome do candidato do PMDB, o presidente da Câmara, José Nelson (PMDB), declarou que Saulo desistira do pleito para apoiar o rival Edinaldo de Menezes, o Dedé da Folha (PPS).

No dia seguinte, porém, o prefeito afirmou que não havia nada decidido e se disse vítima de “fogo amigo” por um grupo dentro do seu partido. Um dia depois, Saulo confirmou que disputaria a reeleição, mas reconheceu que seria uma campanha difícil, sem o apoio integral do partido.

Saulo tem a gestão mal avaliada e as principais bandeiras de sua campanha não saíram do papel, como o teleférico – cujas obras estão embargadas pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) –, a fábrica de chocolate e as subprefeituras da Quarta Divisão e Jardim Caçula.

Concorrem ainda à Prefeitura de Ribeirão Pires o ex-vice-prefeito Dedé da Folha (PPS), Rosana Figueiredo (Rede), Luiz Carlos Grecco (PRB), Leonice Moura (PMB), José Lima (PSTU), Renato Foresto (PT) e Carlos Sacomani, o Banana (PSL).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*