Copa do Brasil, Esportes, Futebol

Fisiologista do São Caetano é convocado pela seleção brasileira feminina

França avalia as garotas da seleção na Granja Comary: “Sonho realizado”. Foto: Arquivo PessoalDesde o início desta semana, a Granja Comary es­tá um pouco azul. O fisiologista José França, do São Caetano, está no centro de treinamento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em Teresópolis (RJ), para avaliar as meninas das seleções sub-17 e sub-20, que vão disputar o Sul-americano em 2018.

Convocado pela primeira vez, o integrante da comissão técnica do Azulão classifica a oportunidade como única em sua trajetória no futebol.

“É um sonho para qualquer profissional chegar ao topo em sua área de atuação, e hoje posso dizer que o realizei. Essa oportunidade na seleção feminina representa muito para minha carreira”, disse.

O fisiologista destacou o aprendizado como o principal ganho proporcionado pelo pe­ríodo ao lado das jogadoras.

“O fato de ser convocação para apenas um período de preparação na Granja Comary não tira o prazer e a satisfação de integrar a seleção brasileira. Quero aproveitar ao máximo essa oportunidade”, disse França, campeão da Série A2 pelo São Caetano.

Para este ano, a CBF programou seis etapas de treinamento para as duas seleções na Granja Comary. Duas já foram realizadas e mais três ocorrem até dezembro.

Comissão canarinho

José França não é o único integrante da atual comissão técnica do Azulão com o gostinho de servir ao selecionado brasileiro. Além do fisiologista, o médico Ricardo Galotti e o massagista Antônio Flávio de Lima, o Batatinha, também têm passagens pela equipe canarinho.

Batatinha, inclusive, fez parte da comissão técnica do Brasil no Campeonato Mundial sub-20 de 2015, realizado na Nova Zelândia. Naquela oportunidade, o time de Gabriel Jesus & companhia foi derrotado na decisão da competição pela Sérvia.

O sonho do hexacampeonato mundial da categoria acabou com um gol de Maksimovic, que definiu a vi­tórias dos sérvios na prorrogação, após empate por 1 a 1 no tempo normal.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*