Arte & Lazer, Roteiro

Festa tradicional do Eldorado é tema de mostra no Centro de Memória

Festa tradicional do Eldorado é tema de mostra no Centro de Memória
Todos os anos é realizada a Festa de Nossa Senhora dos Navegantes. Foto: Thiago Benedetti/PMD

O Centro de Memória de Diadema realiza hoje (16), às 18h, a abertura da exposição “Nossa Senhora dos Navegantes: Devoção e Festa”, que tem o objetivo de contar a trajetória da festa religiosa mais tradicional do município e também a formação do bairro Eldorado, onde está localizada a Billings, único reservatório de água do ABCD. A mostra é gratuita e ficará aberta até 30 de maio. Na abertura, haverá apresentação com o professor da Casa da Música, Diney Bittencourt e Trio.

Esta é a primeira vez que Diadema realiza exposição visando ao resgate da memória da Festa de Nossa Senhora dos Navegantes. O festejo acontece todos os anos no primeiro domingo de fevereiro, com procissão náutica, cortejo pelas principais ruas de Eldorado e missa campal.

A procissão começou em 1956, três anos depois da construção da igrejinha de Nossa Senhora dos Navegantes, erguida pelos próprios moradores. Por causa da poluição e do crescimento desordenado da região, no final dos anos 1970, foi interrompida, voltando a celebração acontecer a partir de 1995.

Outro aspecto do bairro ligado diretamente a Festa de Nossa Senhora dos Navegantes e que será reportado na exposição é a represa Billings. Construído entre os anos 1926 e 1937, o reservatório causou mudanças no bairro, tornado o Eldorado um lugar aprazível e de condomínios de veraneio, que atraíam famílias abastadas da Capital. O turismo de final de semana fez surgir restaurantes, passeios náuticos e instalação de estaleiros. Anos mais tarde, na década de 1970, com assoreamento e poluição da Billings, Eldorado passou por transformações, tornando-se o bairro populoso que é hoje.

Para montar a exposição “Nossa Senhora dos Navegantes: Devoção e Festa”, o Centro de Memória de Diadema utilizou farto material do seu acervo e de colecionadores. A mostra conta com mais de 50 fotos, antigas e atuais, da procissão e de Eldorado e materiais iconográficos como cartazes, folders e publicações de jornais. Também haverá painéis com depoimentos transcritos de moradores antigos do bairro.

A mostra servirá ainda de pano de fundo para realização de eventos paralelos. Um deles serão as rodas de conversas com antigos moradores do Eldorado, que vão contar e relembrar histórias do lugar onde vivem ou encontros com participações de convidados para comemorações de época.

A exposição “Nossa Senhora dos Navegantes: Devoção e Festa” será com visitas monitoradas, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30. O Centro de Memória de Diadema fica no centro da cidade, na avenida Alda, 255. Tel. 4043-0700.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*