Esportes, Futebol

Felipe Melo deve ser sexto reforço palmeirense

O volante Felipe Melo, 33, chegou a São Paulo ontem (3) e realizará exames no Palmeiras nos próximos dias. Caso tudo ocorra sem imprevistos, o anúncio de sua contratação será feito até amanhã.

Na Inter de Milão desde 2015, Melo só tinha mais seis meses de contrato, mas chegou a um acordo amigável para antecipar o final do vínculo. O volante não era titular e sua saída foi indicada ao ficar fora da viagem para uma semana de treinamentos na Espanha.

Revelado pelo Flamengo em 2001, o jogador pode retornar ao Brasil após 12 anos no exterior. Depois que defendeu o Grêmio, em 2004, Felipe Melo nunca mais deixou a Europa.

No continente, teve passagens por clubes como Juventus, Galatasaray e Inter de Milão. Caracterizado pela força física e personalidade forte, que lhe rendeu apelido de “Pitbull”, Melo acumulou polêmicas por onde passou.

Sua forma de jogar agradou ao ex-técnico da seleção brasileira Dunga, que o convocou para a Copa do Mundo da África do Sul, em 2010.

O volante fazia uma participação segura no Mundial até cruzar com a Holanda, nas quartas de final. Após dar o passe para o gol de Robinho, Melo se atrapalhou com o goleiro Júlio César e marcou um gol contra, o de empate dos holandeses, que viraram a partida depois. Em seguida, Melo ainda foi expulso após pisar em Robben.

Desde então, o jogador nunca mais foi convocado para a seleção brasileira.

No ano seguinte à Copa da África do Sul, Felipe Melo se transferiu para o Galatasaray, onde virou ídolo e protagonizou uma cena inusitada na Turquia.

Em um confronto contra o rival Besiktas, o volante recebeu cartão vermelho nos minutos finais da partida. Ao sair do gramado, tirou a camisa e provocou a torcida adversária. A atitude irritou os rivais, que retiraram os assentos das arquibancadas e invadiram o campo atrás do jogador. Melo chegou a tempo no vestiário antes de sofrer agressões.

Felipe Melo retorna ao Brasil após 12 anos atuando no futebol europeu. Foto: Arquivo

Pelo terceiro ano consecutivo, clube alviverde supera rivais em contratações

O Palmeiras caminha na direção de superar seus rivais paulistas como o clube que mais contrata reforços pelo terceiro ano seguido. O alviverde acumula 43 novos jogadores no período. Para a temporada 2017, o clube já acertou a vinda de cinco atletas e está próximo do sexto nome, o volante Felipe Melo, da Inter de Milão.

Patrocínios, aumento na arrecadação com programa de sócio-torcedor e com o novo estádio, alongamento de dívida com empréstimos do ex-presidente e a contratação de um diretor de futebol ousado ajudam a explicar por que o time contrata mais do que seus rivais.

Santos e São Paulo vêm logo atrás com 25 contratações cada neste período. Ambos confirmaram quatro reforços até agora para este ano. Já o Corinthians fechou com 22 desde 2015. Para a atual temporada, o alvinegro anunciou apenas dois reforços.

A disparidade pode ser explicada, principalmente, pela injeção de recursos no clubes nos últimos anos e pelo acerto de patrocínio com a Crefisa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*