Economia, Notícias

Família&Finanças: A taxa Selic subiu. O que isso significa?

Família & Finanças
Sérgio Biagioni Junior

Por Sérgio Biagioni Junior

Caro(a) leitor(a), por muitas vezes ouvimos que a taxa Selic subiu ou que caiu. Porém, afinal, o que é a Selic e como influencia e age em nossa vida financeira?

Resumidamente, a Selic é a taxa básica de juros da economia brasileira, pois norteia e influencia as demais taxas de juros do Brasil, como as cobradas pelos bancos no cheque especial, rotativo do cartão de crédito, nos empréstimos, financiamentos e também nas taxas pagas nas aplicações financeiras.

Pois bem, nesta semana, o Conselho de Política Monetária (Copom), órgão responsável por acompanhar e traçar a política monetária do país, elevou a Selic 6,25% ao ano.

A decisão de aumentar a taxa é uma ferramenta de politica monetária que busca controlar e reduzir a inflação, pois, ao elevar o preço do dinheiro, os bancos passam a cobrar mais caro para conceder empréstimos, reduzindo o ritmo de consumo e a inflação.

No sentido contrário, a redução da Selic tem como objetivo estimular e aquecer a economia, pois empréstimos e financiamentos ficam mais baratos e acessíveis, incentivando o consumo.

Portanto, o IPCA (índice oficial de inflação) e a Selic caminham muito próximos no dia a dia da economia, pois as ações de elevar ou reduzir o juro básico afetam o resultado da inflação.

Da mesma forma, as movimentações da Selic também impactam nas aplicações financeiras, pois muitos investimentos têm suas rentabilidades atreladas à taxa básica, servindo como referencia. Portanto, sempre que a Selic sobe, esses investimentos tendem a ter maior rentabilidade.

Agora você já sabe o que é Selic, qual sua função no controle inflacionário e seu impacto na vida financeira de pessoas e famílias.

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, manda uma mensagem que te explico. Meu e-mail é o falandofacil123@gmail.com e meu site é o www.sergiobiagioni.com.br.

Sérgio Biagioni Junior é planejador financeiro pessoal, certificado pela CEA-Anbima. É formado em Administração de Empresas, pós-graduado em Banking, MBA em Controladoria e Custos e pós-graduado na PUC-RS em Planejamento Financeiro e Finanças Comportamentais.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*