Curiosidades

Faltando um mês para acabar o ano, o que você fez com o seu 2020?

Clemilda: "crie o hábito de comemorar suas vitórias". Foto: Divulgação
Clemilda: “crie o hábito de comemorar suas vitórias”. Foto: Divulgação

Em um ano tão incerto como 2020, cheio de obstáculos e momentos conturbados nas vidas pessoais, afetivas, profissionais e na saúde, muitos de nossos sonhos e planos foram barrados nessa jornada.

Mas, tentando fazer do limão uma limonada, talento nato do povo brasileiro, acredito que apesar dos pesares 2020 serviu para aprendermos muitas coisas e uma delas é que não estamos no controle de tudo. Existem situações que temos de passar e não sabemos como controlá-las, no entanto, podemos nos adequá-las e manter a perseverança para batalhar por dias melhores.

Se você acredita que pode alcançar seus objetivos, continuará apesar das adversidades. Mas se você não crê no seu potencial, desistirá rapidamente. Portanto, antes de fazer qualquer outra coisa, você precisa criar um forte senso de autoeficácia, ou seja, um estímulo primordial para a autoconfiança que, entre outras palavras, significa falar sobre a convicção de sermos capazes de realizar aquilo que queremos.

Para isso, crie o hábito de comemorar suas vitórias. Comece agora comemorando suas conquistas deste ano, não importa qual seja o tamanho delas. Pequenas vitórias são tão importantes quanto os grandes feitos. São as alegrias diárias que fazem de nós seres humanos melhores.

Faça uma autoanálise também. Pergunte-se: Quais novas habilidades eu desenvolvi? Quais situações eu lidei particularmente bem? Como eu fiz diferença positiva na vida dos outros? Alcancei meus objetivos? Meus sonhos se tornaram realidade? Consegui reverter positivamente algo que não estava bom? Consegui manter a fé mesmo com tantas diversidades? Busque isso na sua memória, você irá encontrar as respostas e se não gostou delas, lembre-se: ainda dá tempo!

Falta apenas um mês para o ano acabar, então vale a pena fazer uma avaliação de tudo o que aconteceu e o que fez neste ano. Por mais que a gente não tenha conseguido realizar as coisas na intensidade que poderíamos, sair do lugar, sair da zona de conforto e buscar uma melhora continua através da autocritica e da autoeficácia já são grandes passos

A vida é muito curta, por isso, precisa ser vivida com tudo que ela pode nos oferecer. E se 2020 não foi o ano que esperávamos pense que sempre podemos tirar algo bom, basta mudar a forma como olhamos para determinadas situações. Sabe a tal história do copo meio cheio ou meio vazio?

Pois é exatamente isso. Mesmo que nada tenha sido perfeito, agradeça, porque a gratidão nos traz boas energias e a esperança necessária para todos os dias nos levantarmos da cama cheios de sonhos e metas.

Clemilda Thomé, faz parte do Instituto Sou 1 Campeão que oferece cursos

voltados para performance física, prosperidade financeira e equilíbrio emocional

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*