Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Expedição Billings tem início em São Bernardo

O projeto “Águas do Amanhã” teve início na manhã de nesta segunda-feira (27), na prainha do Riacho Grande. Idealizado pelo ecoesportista Dan Robson e em parceria com a Secretaria de Gestão Ambiental, a expedição Billings, que começou no dia em que a represa completa 92 anos, tem como objetivo navegar, coletar dados e analisar as condições da água das represas Billings e Guarapiranga.

Dan Robson irá percorrer 462 km na Represa Billings e 52 km na Guarapiranga. Ele estipulou cinco horas de remo por dia. O trajeto completo será finalizado em maio. Serão coletadas amostras de 167 pontos estratégicos da Represa. Os dados recolhidos serão comparados com os anos de 2015 e 2016, e analisados com apoio de estudantes da Universidade de São Caetano do Sul.

O ecoportista acredita que ocorreu avanço com a qualidade da água.  “Já percebi que o acumulo de lixo flutuante diminuiu. E lembro que em 2016, a água deu uma melhorada, alguns pontos que estavam péssimos ficaram ruins. Como choveu bastante esse ano, temos condições reais de analisar com relação aos outros anos que choveu pouco, como em 2015”, analisou.

A embarcação, este ano, possui equipamentos capazes de fazer avaliações técnicas de medidas de temperatura, como oxigênio e PH da água. Além disso, possui um painel solar e ter espaço para dois lugares tem a possibilidade de acesso a locais remotos dentro da Represa.

O secretário de Gestão Ambiental de São Bernardo, Mario de Abreu, acompanhou a primeira coleta e avaliou a primeira parte da expedição. “Coletamos duas medidas de água e ele (Dan Robson), já pode medir o oxigênio e a qualidade da água”, observou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*