Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Exclusivo para pacientes com covid-19, Hospital de Urgência de São Bernardo inicia atendimento

Exclusivo para pacientes com covid-19, Hospital de Urgência de São Bernardo inicia atendimento
Novo complexo hospitalar de São Bernardo conta com 1.500 profissionais. Foto: Omar Matsumoto

A Prefeitura de São Bernardo entrega hoje (14) o Hospital de Urgência, que fará atendimento exclusivo a p­acientes com novo coronavírus (covid-19). A inauguração ocorrerá às 15 horas e contará com a presença do governador João Doria e do secretário de Saúde do Estado, José Henrique Germann.

A unidade conta com 250 leitos, sendo 80 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e 1.500 profissionais. Com a entrega do HU, o município passa a contar com 517 leitos para casos de covid-19. Desse total, 151 são unidades de terapia intensiva

Com sete pavimentos e 23 mil m² de área construída, o complexo vai ajudar a desafo­gar os demais equipamentos médicos da cidade, que têm recebido pacientes com o covid-19, afastando o risco de colapso do sistema de saúde por conta do avanço de casos.

“O Hospital de Urgência vai disponibilizar o que existe de mais moderno no setor da saúde para atender os pacientes com o coronavírus”, destacou o prefeito Orlando Morando (PSDB). “Após a pandemia, o complexo hospitalar será todo destinado ao atendimento de urgência de pacientes da cidade, ficando como um patrimônio de São Bernardo”, complementou.

Apesar de a prioridade de atendimento no HU seja para os moradores de São Bernardo, Morando não descarta socorrer pacientes da Grande São Paulo. “O HU está dentro do SUS (Sistema Único de Saúde) e, se for necessário, também atenderá pacientes de outras cidades por meio da CROSS (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde), gerida pelo Governo do Estado”, complementou.

ATENDIMENTO

Dos 1.500 profissionais que atuarão no hospital, 1.065 são novos postos de trabalhos cria­dos na cidade e, para o prefeito, a equipe de profissionais tem a missão de atuar com amor e dedicação no atendimento de todos os pacientes internados na unidade.
Fernanda Cristina Rocha, técnica de enfermagem do HU, corrobora com a declaração de Morando. “Sabemos da grande responsabilidade que é estar na linha de frente da pandemia. Porém, com dedicação, coragem, força, fé e esperança, temos a missão de levar aos pacientes o alívio e apoio emocional que tanto precisam para encarar a doença e se curarem”, destacou Fernanda.

A fisioterapeuta Priscila Carvalho reforça a importância da empatia neste momento junto a cada pa­ciente. “Temos uma grande responsabilidade social diante da pandemia. Porém, aci­ma de tudo, precisamos ser humanos durante o atendimento de cada morador atendido na unidade”, destacou.

A administração municipal investiu R$ 127,6 milhões na construção e recebeu recursos estaduais e federais da ordem de R$ 45 milhões para adquirir os equipamentos visando ao funcionamento.

um comentário

  1. Parabéns à prefeitura de São Bernardo do Campo pelos esforços na contenção do COVID-19 na nossa cidade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*