Diadema, Política-ABC, Sua região

Ex-secretários de Diadema perdem prestígio

Gilberto Moura deixou a Secretária de Cultura. Foto: Angelica Richter especial para o DRA troca de comando nas prefeituras sempre ocasiona queda de secretários e diretores, e pessoas que em um dia tiveram muita influência no governo, rapidamente perdem prestígio. Em Diadema, mesmo com a reeleição do prefeito Lauro Michels (PV), os acordos políticos feitos durante a campanha mexeram com a composição do governo.

Entre os secretários que deixaram os cargos, o ex-titular da pasta de Cultura Gilberto Moura, o Giba da Cultura (PRP), e o de Esportes, Antonio Marcos Ferreira da Silva, o Marquinho da Liga (PSB), estão lotados no gabinete da prefeitura. Porém, segundo relatos de pessoas com acesso ao local, ambos não têm espaço para uma atuação mais efetiva.

Giba foi substituído pelo presidente municipal do PEN, Paulinho Correria, que foi exonerado ontem (27) após o bloco formado por PPS/DEM/PEN romper com o prefeito. A pasta está sob o comando de Eduardo Minas, ex-secretário de Segurança Alimentar. Já a Secretaria de Esportes e Lazer está sob responsabilidade de Manuel José da Silva, o Adelson (PSB), que foi presidente do PSB em Diadema por 11 anos, mas perdeu o posto para o atual presidente do Legislativo, Marcos Michels (PSB), após um desgastante processo de definição na legenda, dividida entre militantes que queriam apoiar a atual gestão e outros que queriam encampar a candidatura do ex-vereador Wagner Feitoza, o Vaguinho (PRB), candidato derrotado na disputa pela prefeitura da cidade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*