Brasileirão, Esportes

Everton marca e São Paulo vence Flamengo no Rio

Everton marca e São Paulo vence Flamengo no Rio
Everton comemora com Diego Souza o gol tricolor no Rio. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF/Folhapress

O torcedor são-paulino que estava saudoso por causa da parada da Copa do Mundo teve sua expectativa de ver a equipe bem atendida com a vitória sobre o Flamengo por 1 a 0, ontem (18), no Maracanã.

Com gol de Everton, a equipe do técnico Diego Aguirre diminuiu de quatro para um ponto a diferença em relação aos rubro-negros, que são os líderes da competição.

A partida de Everton diante do ex-clube foi do inferno ao céu, separados por um intervalo. No primeiro tempo, o atleta recebeu cartão amarelo e, com isso, desfalcará o time no clássico de sábado, contra o Corinthians, no Morumbi.

Na etapa final, desviou de cabeça ótimo cruzamento de Joao Rojas para dar a vitória ao São Paulo. Ex-Flamengo, decidiu não comemorar o gol.
Se, por um lado, Aguirre não poderá contar com Everton, por outro parece ter ga­nhado uma boa notícia para o confronto de sábado.

O equatoriano Rojas fez no Maracanã sua estreia com a camisa são-paulina. De seus pés saíram algumas das me­lhores jogadas da equipe, incluindo chute defendido por Diego Alves no primeiro tempo e a assistência para Everton marcar, aos dois minutos da etapa complementar.

Rojas deixou o gramado com cãibra, mas é provável que o desgaste seja fruto da falta de ritmo de jogo.

Quem também sofreu com a volta da equipe a um jogo oficial foi Jucilei. Ainda aos 35 minutos de jogo, o volante, com dores na virilha direita, precisou deixar o gramado para a entrada de Liziero, favorito para assumir a titularidade caso Jucilei não possa enfrentar o Corinthians.

A vitória do São Paulo ajudou a aproximar os times da parte de cima da tabela, criando bom ingrediente para curar a ressaca da Copa do Mundo.
Com 28 pontos, o Flamengo é seguido pelo Atlético-MG, que perdeu para o Grêmio, e pelo São Paulo, ambos com 24. O Internacional, que enfrenta hoje (19) o Atlético-PR, pode ir a 25 pontos e equilibrar ainda mais a disputa pelo título.

SEM VAR

Se os atletas de São Paulo e Flamengo pudessem pedir algo da Copa, certamente pediriam pelo árbitro de vídeo. Na falta do recurso, coube a jogadores então o velho hábito de peitar o árbitro em qualquer marcação contrária.

Os flamenguistas recla­mam de desvio na mão de Nenê, que estava com o braço colado ao corpo quando chute de Éverton Ribeiro o acertou.

Do lado do Tricolor paulista, a reclamação refere-se a lance em que Rômulo abriu o braço e desviou cobrança de escanteio. O juiz paranaense Paulo Roberto Alves Junior mandou seguir.

 

FLAMENGO 0 X 1 SÃO PAULO

Gols: Everton, aos 2 do 2º tempo. Ár­bi­tro: Paulo Alves Júnior (PR). Expulsão: Araruna. Estádio: do Maracanã, no Rio, ontem.

FLAMENGO
Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte, Renê; Romulo (Trauco), Paquetá, Diego, Everton Ribeiro (Matheus Sávio), Marlos Moreno (Uribe); Guerrero. Técnico: Maurício Barbieri.

SÃO PAULO
Sidão; Militão, Arboleda, Anderson Martins, Reinaldo; Jucilei (Liziero), Hudson, Rojas (Araruna), Everton (Tréllez), Nenê; Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*