Minha Cidade, Santo André, Sua região

Estruturas de duplicação do Adib Chammas se unem para formar novo viaduto

Duas novas faixas de tráfego que irão transpor a avenida dos Estados e o rio Tamanduateí vão proporcionar maior fluidez ao tráfego no primeiro e segundo subdistrito. Foto: Alex Cavanha/PSA
Duas novas faixas de tráfego que irão transpor a avenida dos Estados e o rio Tamanduateí vão proporcionar maior fluidez ao tráfego no primeiro e segundo subdistrito. Foto: Alex Cavanha/PSA

As duas megaestruturas que compõem a duplicação do viaduto Antonio Adib Chammas, em Santo André, se encontraram nesta sexta-feira (25). Chamada de aduela de fechamento, esta é a última etapa do processo construtivo, com a união dos dois segmentos para compor as duas novas faixas de tráfego que transpõem a avenida dos Estados e o rio Tamanduateí.

Um dos diferenciais da obra no viaduto foi o método construtivo adotado para a duplicação do complexo e que se chama balanço sucessivo. A criação das duas novas pistas do Adib Chammas foi feita por módulos e de maneira simultânea dos dois lados do viaduto, para manter o equilíbrio da estrutura e a segurança dos funcionários da obra.

Cada um destes módulos tem quatro metros de comprimento e no total foram utilizados 17 módulos (oito de cada lado, além de um central). A partir do encontro das estruturas serão realizados os próximos passos, finalizando a parte estrutural do viaduto. Após esse processo terá início a pavimentação asfáltica e posterior sinalização viária.

A duplicação do viaduto Adib Chammas faz parte do pacote de obras de mobilidade que está sendo realizado com recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). A Prefeitura obteve financiamento de US$ 25 milhões junto à instituição financeira e investirá outros US$ 25 milhões.

Dentre os estágios do contrato com o BID estão ainda a execução do Plano de Mobilidade, que teve a fase de escutas setoriais finalizadas com diversos segmentos. Estas escutas vão compor um diagnóstico da mobilidade urbana de Santo André, e serão somadas às pesquisas qualitativas e quantitativas que estão em andamento.

Ainda com recursos do BID, os projetos básicos e executivo dos corredores de ônibus da área central da cidade também estão em andamento. Após a conclusão dos projetos será dado início ao processo licitatório.

O projeto executivo do Complexo Santa Teresinha entrou em sua fase final de elaboração e a Prefeitura já iniciou a recuperação estrutural do viaduto Presidente Castelo Branco.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*