Brasil, Editorias, Notícias

Estado recebe mais 333 respiradores para tratamento da covid-19

Estado recebe mais 333 respiradores para tratamento da covid-19
Respiradores adquiridos pelo governo do Estado são desembarcados no Aeroporto de Guarulhos. Foto: Divulgação/GESP

O governo do Estado recebeu, nesta terça-feira (26), 333 respiradores importados que serão utilizados no tratamento de pacientes com covid-19 que necessitam de ventilação mecânica em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Desse montante, 133 vieram da China e 200, da Turquia. No total, o governo paulista já adquiriu 443 respiradores e outros 150 ventiladores de transporte foram doados pelo Ministério da Saúde. Os equipamentos permitirão a abertura de novos leitos.

O Estado de São Paulo registra nesta terça-feira (26) 86.017 casos do novo coronavírus, o que representa 2.392 casos a mais do que no dia anterior. Com isso, o Estado já registra mais casos do que a China, que tem 1,3 bilhão de habitantes e foi o foco inicial da pandemia. O balanço também mostra que o número de mortes chegou a 6.423, aumento de 203 óbitos em 24 horas. A taxa de ocupação de leitos de UTI subiu para 74,5% no Estado e 87,7% na Capital.

Da China chegaram 133 ventiladores pulmonares que fazem parte da compra de 1.280 respiradores – o pedido original de 3 mil foi repactuado. Na última quarta-feira (20) já haviam chegado outros 50 aparelhos desta compra. O prazo de entrega do total da aquisição, assegurado pela empresa, é meados de junho. Da Turquia desembarcaram outros 200 respiradores de uma compra de 1.500 unidades. Estes equipamentos também serão entregues, segundo o fornecedor, até meados de junho.

Os equipamentos serão montados, testados e calibrados no complexo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Estes novos equipamentos se juntam a outras 60 unidades que chegaram nas últimas semanas e serão instalados em hospitais da Grande São Paulo, Piracicaba e no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Campinas. Estes equipamentos são fruto de doação de R$ 12,7 milhões da associação Comunitas, que resultou na compra de 200 unidades para apoio no enfrentamento à covid-19.

Os ventiladores foram adquiridos da empresa brasileira Magnamed, após decisão judicial favorável à Comunitas e ao governo do Estado, e requisição do Ministério da Saúde da totalidade da produção nacional.

“Esses respiradores são decisivos no processo de ampliação de leitos e no tratamento de pacientes graves de Covid-19. O governo do Estado agiu rapidamente e adquiriu equipamento em tempo hábil para a assistência da população”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

ANÚNCIO

Nesta quarta-feira, o governo deve anunciar a prorrogação da quarentena em algumas partes do Estado e a flexibilização das medidas de isolamento em outras. A informação foi antecipada pela GloboNews. Em entrevista à emissora, o governador João Doria (PSDB) descartou a adoção de lockdown, como é chamada a restrição total à circulação.

um comentário

  1. Parabéns ao Governo do Estado de São Paulo, mostrando como se administra uma crise

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*