Minha Cidade, Regional, Sua região

Estado mantém ABC na Fase 1 em plano de flexibilização da quarentena

Estado mantém ABC na Fase 1 em plano de flexibilização da quarentenaO governo do Estado manteve o ABC na Fase 1 (vermelha) do Plano São Paulo de reabertura da economia durante a quarentena de enfrentamento ao novo coronavírus.

O anúncio foi feito durante coletiva concedida nesta quarta-feira (3) pelo governador João Doria (PSDB) e antecipado ao presidente do Consórcio Intermunicipal e prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), que recebeu nesta manhã ligação do secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, informando da decisão.

O secretário informou ainda a Maranhão que, no próximo sábado (6), às 10h, visitará o Quarteirão da Saúde, em Diadema, onde o prefeito Lauro Michels (PV) pretende instalar um hospital de campanha para atendimento a casos de covid-19, com 100 leitos. O equipamento seria instalado no 2º andar, para o qual está prevista unidade da Rede Lucy Montoro.

A visita será acompanhada por técnicos da Saúde do governo do Estado. Desde o início da pandemia, Michels reivindica dos governos do Estado e federal recursos para a instalação no local de hospital de campanha.

Segundo balanço divulgado nesta quarta pelo Consórcio, o ABC soma 7.890 casos de covid-19 (dos quais 296 nas últimas 24 horas) e 626 mortes (24 nas últimas 24 horas). Há 13.501 casos e 77 óbitos em investigação.

O Plano São Paulo estabeleceu cinco níveis de abertura da atividade econômica. O ABC está no primeiro nível, que só permite a abertura de atividades consideradas essenciais. O Consórcio esperava que a região evoluísse para a Fase 2 (laranja), que permite a abertura controlada de shoppings (com horário reduzido), comércio, imobiliárias e concessionárias.

 

um comentário

  1. Medida acertada. O grande ABC não fez uma quarentena correta. Muita gente na rua sem necessidade e o resultado foi a explosão de casos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*