Editorias, Mundo, Notícias

Estado Islâmico reivindica ataque em boate na Turquia que deixou 39 mortos

A organização terrorista Estado Islâmico reivindicou ontem (2) o ataque que deixou 39 mortos em Istambul em uma celebração de Ano-Novo. A facção, que assumiu outras ações contra a Turquia, divulgou uma nota afirmando que um “soldado heroico do califado atingiu uma das casas noturnas mais famosas em que os cristãos celebram seu feriado apóstata”.

Como em ocasiões anteriores, não é possível confirmar se o Estado Islâmico esteve de fato envolvido com o atentado e de que maneira contribuiu para sua execução. É possível que o autor dos disparos -ainda foragido – tenha agido sozinho, inspirado por essa milícia.

Segundo a mídia local, a Turquia teria sido avisada pelos Estados Unidos sobre planos de um atentado naquela noite.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*