Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Estacionamento do Paço Municipal de São Bernardo é entregue após quatro anos

Espaço ficou sem projetos durante gestão anterior; são 264 vagas, com áreas exclusivas para idosos e deficientes

Espaço serviu como canteiro de obras; hoje, conta com nova iluminação e sistema de microdrenagem/Fotos: Gabriel Inamine/PMSBC
Espaço serviu como canteiro de obras; hoje, conta com nova iluminação e sistema de microdrenagem/Fotos: Gabriel Inamine/PMSBC

Paralisada pelo governo anterior, em 2013, a obra de construção do estacionamento do Paço de São Bernardo, cuja retomada foi autorizada em novembro de 2017, foi oficialmente devolvida à população nesta sexta-feira (19). A reinauguração da área é resultado de trabalho intersecretarial e foi viabilizada após a administração contratar, em maio, auditoria do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) para gerenciamento e revisão do projeto de drenagem e combate de enchentes no Centro, do qual o estacionamento faz parte.
Ao todo estão sendo disponibilizadas 264 novas vagas, sendo parte reservada ao Rotativo de São Bernardo – cujo cartão tem custo de R$ 2 por hora – e as demais aos funcionários do Paço. No caso dos servidores, o controle da entrada de veículos será feito por meio de cancela e cartões magnéticos. Do total, 16 vagas são exclusivas para idosos e 11 para deficientes e pessoas com mobilidade reduzida, conforme estabelecido em lei.
O espaço também passou a contar com sistema de microdrenagem, nova iluminação, cabines de segurança, além de nova demarcação de solo e recuperação dos canteiros. As obras foram executadas com recursos próprios.
De acordo com o chefe do Executivo, Orlando Morando (PSDB), a entrega do estacionamento é o primeiro passo para a retomada completa das obras do Centro Seco. “O espaço foi totalmente danificado para ser transformado em canteiro das obras de drenagem. O resumo é que não houve nem obras nem estacionamento. Agora, serão 264 vagas para os cidadãos e os servidores públicos, melhorando ainda a disponibilidade de vagas para a Câmara. Considero a entrega deste local uma grande vitória da população e uma prova de que, na nossa gestão, quando a obra começa, tem uma conclusão”, disso o prefeito.

Piscinão
Segunda etapa do projeto, as obras do piscinão ainda não têm data para retomada, uma vez que ainda dependem da conclusão do laudo atualmente em processo de elaboração por parte do IPT. O resultado do relatório da auditoria deve ser divulgado nos próximos meses. Paralelamente, a prefeitura também avalia o fluxo financeiro para dar continuidade das obras o mais rápido possível. De acordo com Morando, porém, a expectativa é que todas as obras herdadas paralisadas da gestão passada sejam retomadas ainda em 2018.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*