Mulher, Serviços

Encontro em Diadema promove luta e protagonismo feminino

Encontro em Diadema promove luta e protagonismo feminimo
Cantora Simone Essi participará do “De Onde a Onda Vem”. Foto: Divulgação

Com a proposta de dar voz e espaço às mulheres, o Instituto Cultural e Educacional Matéria Rima promove no próximo sábado (17), a partir das 15h, o encontro “De Onde a Onda Vem”.

“Pensado para fortalecer a luta e o protagonismo feminino, o evento vai reunir mulheres de diversas crenças, vertentes, estilos e histórias”, explica MC Joul, fundador e coordenador do Matéria Rima, acrescentando que o encontro terá muita música, literatura, intervenções artísticas e rodas de conversa.

Uma das participantes é Lea Mala Ika, beat maker, letrista e cantora vinda diretamente de Berlim para conhecer a cena hip hop do Brasil. Lea tem 21 anos e é uma das jovens beneficiadas pelo projeto cultural Street College, da ONG alemã Gangway, com a qual o Matéria Rima mantém um intercâmbio.

A Gangway, que já recebeu em diferentes ocasiões a visita de integrantes do Matéria Rima, nasceu em Berlim, em 1990, como resposta a uma onda de violência que tomou conta da cidade após a queda do Muro. A ideia é estimular os jovens a desenvolver suas habilidades artísticas, seguindo uma didática diferente da usada nas escolas. Lea, por exemplo, obteve no projeto um diploma de engenheira de áudio.

Outras mulheres protagonistas de suas trajetórias que também confirmaram presença no encontro de “De Onde a Onda Vem” são a DJ Vivian Marques, a poetisa Marah Mendes, a MC Karen Santana, as integrantes do grupo de dança cigana Amor Gitano, a dupla de MCs e B.Girls Ingrid e Beth, as integrantes do grupo de dança Gurias e a cantora Simone Essi.

Referência

Nascido em 2002 como um grupo de hip hop, o Matéria Rima realiza um projeto referência em educação integral no Brasil. A partir do Programa Cidade na Escola, da Secretaria de Educação de Diadema-SP, o Matéria Rima leva a mais de 1000 alunos de 18 escolas municipais da cidade oficinas culturais que abordam conteúdos curriculares com ajuda dos elementos da cultura hip hop (grafite, rima, dança e discotecagem). O trabalho é feito após a identificação da dificuldade a ser superada (comportamental, de matemática, de linguagem, de ciências ou de outras áreas). As oficinas são oferecidas no contra-turno das aulas, favorecendo a educação integral no município.

Em 2014 o Matéria Rima institucionalizou-se, passando a chamar Instituto Cultural e Educacional Matéria Rima. Além do trabalho nas escolas, realiza palestras e apresentações artísticas em praças e palcos do Brasil e do mundo, incluindo países como Senegal, Alemanha e França. Em 2015, o Matéria Rima, em parceria com a escola Sagrado Coração de Jesus, ganhou o Prêmio regional e nacional Itaú-Unicef “Educação Integral: Aprendizagem que Transforma.”

Serviço –

Encontro “De Onde a Onda Vem”

Quando: Sábado, (17), a partir das 15h

Local: Sede do Instituto Matéria Rima, rua Guarani, 115, Vila Conceição, Diadema

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*