Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Emoção marca eleição de Juarez Tudo Azul e posse de Palhinha na Câmara de São Bernardo

Vereadores e familiares de Ramon reunidos em homenagem ao parlamentar. Foto: Oscar Jupiraci/Câmara de SBC

A sessão desta quarta-feira (9) na Câmara de São Bernardo foi marcada pela emoção. Em meio à comoção com a morte de Ramon Ramos (PDT), que estava à frente do Legislativo, Juarez Tudo Azul (PSDB) foi eleito e assumiu a presidência da Casa. Além do tucano foram eleitos Martins Martins (PHS), como vice-presidente, e Toninho Tavares (PSDB), como segundo secretário. Fran Silva (SD) continua na primeira secretaria da Mesa.

Tudo Azul recebeu 23 votos. Cinco parlamentares votaram em branco: os petistas Antônio Carlos da Silva, Joilson Santos, José Luis Ferrarezi e Ana Nice, além de José Alves da Silva, o Índio (PL). Tião Matheus (PT) divergiu dos demais petistas e votou favoravelmente à chapa governista. O vereador afirmou que a “Juarez é uma boa pessoa e que a Casa precisa de paz neste momento”.

Tudo Azul, que abriu mão de disputar a presidência da Casa, em dezembro, em favor de Ramon Ramos, disse que fará um mandato pautado no respeito. “É uma missão continuar o trabalho do saudoso Ramon Ramos. Cumprirei este mandato com muito carinho e respeito. Trabalharei em cima do Regimento, dando a palavra e ouvindo todos. Tratarei todos da mesma forma mesmo sem ter tido a totalidade dos votos. A porta do meu gabinete estará sempre aberta para discutirmos os problemas da Câmara e da nossa cidade. Agradeço a confiança dos vereadores e o apoio do prefeito Orlando Morando neste processo”, pontuou.

Roberto Garcia Fuentes, o Palhinha (PDT), primeiro suplente da coligação Projeto Vitória (PTdoB/PTC/PSL/ PDT), tomou posse como vereador e afirmou que é difícil assumir a função porque Ramon Ramos era seu amigo. “Era meu amigo. Deus me dê sabedoria, pois é responsabilidade grande assumir o posto de um amigo”, disse Pa­lhinha, ao pedir apoio para poder fazer o melhor pela cidade.

FAMILIARES

Os familiares de Ramon Ramos participaram das ho­menagens na Câmara. Além de um minuto de silêncio, a foto do pedetista ficou em des­taque no painel da Casa. Uma praça-parque em construção na Vila Vilvadi receberá o nome de Ramon, conforme projeto do prefeito Orlando Morando (PSDB), que participou da sessão desta quarta-feira.
“O ato (eleição para novo presidente) é obrigatório pelo Regimento, mas é eleição que não se comemora. Juarez vai conduzir bem os trabalhos. Porém, é um momento triste”, destacou Morando.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*