Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Em visita à Câmara, Morando prega ‘aproximação’

Morando e vereadores posam para foto após visita de cortesia do prefeito eleito de São Bernardo à Câmara. Foto: Reprodução/Facebook

Após garantir o apoio de 18 vereadores eleitos para a próxima legislatura e, consequentemente, a maioria absoluta na Câmara a partir de 2017, o próximo prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), fez ontem (7) visita surpresa ao Legislativo para reunião a portas fechadas com os 28 parlamentares – incluindo os que integram a base do atual prefeito Luiz Marinho (PT). De acordo com Morando, a visita sinaliza intenção de melhorar a interlocução entre Executivo e Câmara a partir do ano que vem.

“Havia recebido o convite do presidente José Luiz Ferrarezi (PT) e de outros vereadores da base. Não tive a oportunidade ainda (de vir) por uma questão de tempo, mas vim fazer uma visita de cortesia, em um sinal de que queremos manter relação bastante harmoniosa com a Câmara a partir do próximo mandato. Foi um gesto de aproximação”, sustentou o tucano.

Na última terça-feira (6), o prefeito eleito já havia se reunido com os vereadores de partidos aliados, além de dissidentes da base de Marinho, afiançando sustentação de ao menos 18 vereadores.

Estiveram presentes os 11 vereadores eleitos em sua coligação: os tucanos Pery Cartola, Hiroyuki Minami, Juarez Tudo Azul, Mario de Abreu, Pastor Zezinho Soares, Alex Mognon e Toninho Tavares; Martins Martins e Jorge Araújo, ambos do PHS; e os solidaristas Ivan Silva e Fran Silva, além dos vereadores Ramon Ramos (PDT), Estevão Camolesi (PPS), Índio (PR), Reginaldo Burguês (PSD), Eliezer Mendes (PTN), Gordo da Adega (PCdoB) e José Aurélio (PTB).

“São 18 vereadores que nos trazem relativa tranquilidade na Câmara, o que é importante para quem vai pegar uma cidade com muitas dificuldades e obras paradas. Fui vereador e sei de suas demandas. Estamos consolidando a maioria dentro de uma composição claramente sem negociação de cargos. Acredito que teremos espaço para ampliar essa ba­se”, prosseguiu Morando.

Equipe

O prefeito eleito vai divulgar hoje os primeiros integrantes de seu secretariado. Entre os nomes confirmados no primeiro escalão a partir de 2017 estão o vice-prefeito eleito Marcelo Lima (SD) e o ex-prefeito Maurício Soares (PHS). As pastas que ambos vão chefiar ainda não foram anunciadas.

O tucano sustentou ainda que não exercerá influência na escolha do próximo presidente da Câmara, deixando a discussão para os vereadores. Um dos nomes cotados para entrar na disputa pela presidência é o tucano Minami.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*