Minha Cidade, Regional, Sua região

Em três dias de campanha, ABC vacinou 267 mil contra febre amarela

Em três dias, ABC vacinou 267 mil contra febre amarela
Em todo o ABC foram imunizados em três dias de campanha 11,68% da meta. Foto: Arquivo

Em três dias de campanha as cidades do ABC vacinaram 267.832 pessoas contra a febre amarela. Santo André e Diadema mantiveram as unidades básicas de saúde (UBSs) abertas no último sábado, dia 27. O número representa 11,68% de toda a população-alvo da região (a soma não considera a população de Rio Grande da Serra, que não informou os dados para a reportagem). Nos sábados 3 e 17 de fevereiro todas as cidades participarão da mobilização estadual, com exceção de São Bernardo, que realizará os dias D em 3 e 4 de fevereiro.

A melhor cobertura, até o momento, foi verificada em Diadema, que já vacinou 77.249 pessoas, o que representa 21,15% da meta estipulada pelo governo do Estado, de imunizar 365.124 munícipes. São Caetano, que não aplicou vacinas no sábado, imunizou 18.800 pessoas, 19,90% da meta de 94.435 moradores. Em Ribeirão Pires, foram vacinados 7.817 moradores, 7,39% dos 105.651 habitantes que compõe a meta a ser imunizada. Mauá vacinou 30.300 pessoas. Na cidade, a meta é atingir 396.690 munícipes e apenas 7,63% já foram cumpridos.

Santo André, que também realizou a mobilização no sábado, já vacinou 64.767 munícipes. Na cidade, a meta é alcançar 623.152 pessoas, das quais 10,39% já foram imunizadas. A cidade recebeu até o momento dois lotes de vacina, que totalizam 500 mil doses. O objetivo é imunizar toda a população. “Santo André não faz parte da área de risco, mas estamos fazendo um grande esforço para acabar com essa preocupação da cidade em relação à doença”, explicou o prefeito Paulo Serra. “Esta ação é preventiva. A população pode ficar tranquila porque não houve casos da doença na cidade”, afirmou o secretário de Saúde, Márcio Chaves.

Abaixo da expectativa

Em São Bernardo, a administração avalia que a procura nas UBSs está abaixo das expectativas. Foram vacinados 68.899 munícipes, 9,73% dos 707.474 moradores que compõe a meta da cidade. “Os números ficaram abaixo da expectativa, uma vez que o objetivo do município é imunizar cerca de 35 mil pessoas por dia. A informação da baixa adesão da população à campanha será comunicada ao comitê de prevenção e combate à Febre Amarela, para que uma nova estratégia seja adotada para maior alcance de imunização”, informou a Prefeitura.

A orientação é para que idosos, portadores do vírus HIV, transplantados, hemofílicos ou pessoas com doenças do sangue e doença falciforme a consultem um médico antes de tomar a vacina. A imunização não é indicada para grávidas que estão fora das áreas de risco, mulheres que estão amamentando crianças de até 6 meses e pacientes em tratamento quimioterápico ou radioterápico ou ainda para os que fazem uso de corticoides em doses elevadas.

Para se vacinar, é necessário comparecer a um dos postos levando documento com foto, carteira de vacinação e cartão do SUS (se tiver). Há doses suficientes para toda a população em todas as cidades.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*