Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Em São Bernardo, Operação Cobertor que Salva intensifica abordagens a moradores de rua

São Bernardo intensifica  abordagens a moradores de rua
Orlando Morando e equipes da Assistência Social foram às ruas no último sábado para reforçar as abordagens noturnas às pessoas em situação de rua. Foto: Ricardo Cassin/PMSBC

A Operação “Cobertor que Salva”, programa da Prefeitura de São Bernardo focado em ampliar as abordagens e o convencimento do maior número possível de moradores de rua aos albergues, tem intensificado suas atividades desde o início deste inverno. A exem­plo dos dois últimos anos, o prefeito Orlando Morando (PSDB) acompanhou, no último sábado (13), o trabalho dos agentes municipais em pontos da cidade com maior concentração de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Ao todo, mais de 10 agentes, incluindo também o secretário de Assistência Social, Carlos Romero, integraram os trabalhos noite adentro, nos quais realizaram aproximadamente 20 abordagens. De acordo com o prefeito, trata-se de uma tarefa árdua, difícil, mas priorizada em sua administração.

“É muito difícil esta­belecer contato, conquistar a confiança e convencer, de forma efetiva, essas pessoas que estão morando nas ruas, muitas vezes, sem acesso aos serviços básicos, como alimentação e saúde. Porém, isso não nos permite dar trégua e, além de irmos às ruas nessas noites mais frias, vamos permanecer em alerta constante para essa questão”, destacou.

 ACOLHIMENTO

A força-tarefa “Cobertor que Salva” tem contribuído para evitar mortes ou incidentes mais graves, que che­garam a ser registrados antes de 2017. Só entre os dias 1º e 13 de julho, período que registrou a primeira intensa frente fria do ano, foram realizadas 227 abordagens, com registro de mais de 26 pernoites, além de encaminhamentos à Saúde. Nos albergues, dormiram em média 130 pessoas por dia, sendo 25% mulheres. São Bernardo dispõe atualmente de 180 vagas nos albergues, podendo atingir até 230 acomodações, abrangência similar a do ano passado.

Outra importante ação está em curso no município: a Campanha do Agasalho 2019, por meio do Fundo Social de Solidariedade. Até o início de agosto a população pode contribuir com peças de roupas e calçados em mais de 100 pontos de coleta distribuídos pela cidade. Neste ano, a ação conta com o apoio da empresa Mazurky Embalagens, que contribuiu com cerca de 500 caixas para acomodar as doações. (RL)

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*