Minha Cidade, Santo André, Sua região

Em Santo André, Moeda Verde supera 50 t de recicláveis recolhidos

Moeda Verde supera 50 t de recicláveis recolhidos
Programa chegou aos núcleos Jardim Cristiane e Gaturama. Foto: Helber Aggio/PSA

Completando o ciclo da segunda fase de expansão do Programa Moeda Verde, a Prefeitura de Santo André, por meio do Núcleo de Inovação Social, e o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental da cidade) promoveram nesta sexta-feira (14) a expansão do programa para os moradores dos núcleos Jardim Cristiane e Gaturama. A partir de agora, mais 3,3 mil pessoas poderão ser beneficiadas pelas ações do Moeda Verde, que promove a troca de 5 kg de resíduos reci­cláveis por 1 kg de alimento do tipo hortifrúti – como frutas, legumes e hortaliças.

Na primeira ação do programa no local, os participantes trocaram 516 kg de reciclável por mais de 100 quilos de limão e batata-doce, além de alface, chicória e almeirão. Em pouco mais de um ano, o Moeda Verde recebeu cerca de 50 toneladas de resíduos reci­cláveis nas sete comunidades onde o programa tem atuação. Esse volume representa mais de 10 toneladas de alimentos distribuídos.

Valdir dos Santos, o primeiro da fila de troca, reside há 42 anos na comunidade e levou 39 quilos de lixo reciclável para trocar. “Estava ansioso pela ação. Trouxe até a minha sobrinha para participar. Estou confiando que o programa vai dar certo aqui na região”, disse.

Com a chegada do programa à comunidade, Santo André passa a ter cerca de 35,6 mil munícipes beneficiados direta e indiretamente, aproximadamente 35% dos moradores de assentamentos e núcleos habitacionais da cidade.

MARCO

O prefeito Paulo Serra (PSDB) e a primeira-dama e presidente do Núcleo de Inovação Social, Ana Carolina Barreto Serra, estiveram presentes na atividade de estreia. “O Moeda Verde é um marco da nossa gestão. O programa gera consciência ambiental e incentiva todos os moradores do núcleo a cuidarem da comunidade, mantendo-a limpa”, destacou o prefeito.

O material recebido nas trocas é encaminhado às cooperativas de reciclagem parceiras do Semasa. O alimento é doado pelo Banco de Alimentos.

“Este é um trabalho inovador, e é preciso que vocês incentivem a comunidade. Chamem os amigos e os vizinhos para participar”, destacou Ana Carolina. (

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*