Esportes, Futebol

Em retorno de Alan Ruschel, Barcelona vence por 5 a 0 jogo em homenagem à Chapecoense

Neto e Jackson Follmann deram o pontapé inicial. Foto:  Miguel Ruiz/FCBCom 5 a 0 no placar, o Barcelona venceu com facilidade a Chapecoense na disputa do Trófeu Joan Gamper, ontem (7), no Camp Nou. O time brasileiro foi convidado para a competição como forma de homenagear as vítimas do acidente aéreo que matou 71 pessoas, entre jogadores e dirigentes da equipe e outros passageiros e tripulantes, em 29 de novembro de 2016 na Colômbia.

A partida foi também a primeira do time espanhol sem o meia-atacante Neymar, transferido para o PSG, na última quinta-feira.

Três sobreviventes do voo com o elenco da Chapecoense no ano passado participaram da homenagem. O jogou ainda marcou o retorno do lateral Alan Ruschel, que ficou em campo durante 35 minutos, até ser substituído por Guerrero.

Lateral esquerdo de origem, Ruschel atuou como meia-atacante, bem perto de Wellington Paulista e sem muitas obrigações defensivas. Deixou o campo muito aplaudido pela torcida e realizou o sonho de trocar camisas com Lionel Messi no intervalo.

Afastados dos gramados por consequência dos ferimentos do acidente, o zagueiro Neto e o goleiro Jackson Follmann – que teve uma das pernas amputadas na tragédia – deram o pontapé inicial, mas não participaram da partida.

Apesar do tom de homenagem, o Barcelona foi superior e não deu chances aos adversários brasileiros. Deulofeu, Busquets e Messi, no primeiro tempo; Suárez e Denis Suárez, no segundo, fizeram os gols do Barça.

Se o goleiro Elias brilhou com grandes defesas enquanto esteve em campo, seu substituto Artur Moraes não deixou por menos, ao defender pênalti cobrado por Paco Alcácer.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*