Esportes, Futebol

Em Chapecó, torcida lota estádio em homenagens

Torcedores choram em meio à vigília na Arena Condá. Foto: Marcelo D. Sants/FramePhoto/FolhapressA Arena Condá, casa da Chapecoense, começou a receber torcedores na manhã de ontem (29), após se espalhar a notícia do acidente com o avião que levava o time, jornalistas e dirigentes.

Por volta das 9h, local reunia mais de 500 pessoas, incluindo familiares das vítimas. Quando um torcedor começava a rezar, era seguido por todos, que acompanham as notícias sobre a queda da aeronave pelas internet.

Vestidos com a camisa do time, torcedores carregavam bandeiras e deixavam flores na porta do estádio.

No vestiário se concentravam familiares de jogadores e jornalistas, além de médicos e psicólogos que os auxiliavam. Para lá, foram levados macas, cadeiras de roda, sofás e medicamentos.
A arena fica no Centro de Chapecó, em Santa Catarina.

Missa

À noite, uma missa na catedral de Santo Antônio recebeu centenas de torcedores –muitos tiveram de assistir do lado de fora da igreja.

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), decretou luto oficial de três dias no Estado. A prefeitura da cidade decretou luto de 30 dias e o presidente Michel Temer também anunciou três dias de luto nacional.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*