Editorias, Mundo, Notícias

Em cerimônia, autoridades relembram atuação política de Mário Soares

Lideranças mundiais compareceram ao velório do ex-presidente de Portugal. Foto: Beto Barata/PR

As cerimônias fúnebres em homenagem ao ex-presidente de Portugal Mário Soares foram encerradas por volta das 14h (horário local) e marcadas por discursos de autoridades portuguesas que relembraram a trajetória política de Soares. Os ritos começaram as 13h (horário local), com a chegada do caixão, carregado por militares, ao pátio interior do Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa. Mais de 500 convidados participaram das homenagens, segundo a Agência Lusa.

Durante as homenagens, João e Isabel Soares, filhos de Mário Soares, fizeram declarações emocionadas, ressaltando a admiração e ternura que sentiam pelo pai. Com a voz embargada, Isabel lembrou os “tempos difíceis” de quando o pai foi preso e a deportação dele para São Tomé Príncipe, o exílio em Paris mas, frisou que “nem durante esse tempo” ouviu do pai um “uma palavra de desalento ou desânimo”.

Também discursaram o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e o atual presidente do país, Marcelo Rebelo de Sousa, que destacou que Soares foi “um homem que fez história” e merecia ser homenageado em um lugar como o Mosteiro dos Jerónimos.

O presidente do Brasil, Michel Temer, participou da cerimônia, ao lado do ex-presidente José Sarney. Também estiveram presentes o embaixador do Brasil em Lisboa, Luiz Alberto Figueiredo Machado, o rei Felipe VI, da Espanha, o ex-primeiro-ministro francês Lionel Jospin, o presidente da Comissão Europeia Martin Schulz e o ex-presidente do governo espanhol e ex-líder do PSOE, Felipe Gonzalez.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*