Economia, Notícias

Em Brasília, Serra diz que imposto zero sobre pneu importado põe em risco indústria da borracha

Em Brasília, Serra diz que imposto zero sobre pneu importado põe em risco indústria da borracha
Encontro visou apontar os efeitos da decisão do governo de reduzir a alíquota do Imposto de Importação de pneus de carga de 16% para zero. Foto: Washington Costa/Ministério da Economia

O presidente do Consórcio Intermunicipal e prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), reuniu-se nesta terça-feira (23), no Ministério da Economia, com o subsecretário de Ambiente de Negócios e Competitividade, Jorge Lima. O objetivo do encontro foi apontar os efeitos negativos da decisão do governo de reduzir a alíquota do Imposto de Importação de pneus de carga (caminhão e ônibus) de 16% para zero.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 20 de janeiro e tem caráter permanente. Acompanharam Paulo Serra em Brasília o presidente da Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (Anip), Klaus Curt Müller; o presidente da Bridgestone para a América do Sul, Fabio Fossen, e o deputado federal Alex Manente (Cidadania-SP), com base eleitoral em São Bernardo.

Segundo a Anip, o setor de pneumáticos emprega diretamente quase 29 mil trabalhadores no país, número que não inclui os empregos indiretos na rede de revendedores e fornecedores. Para a entidade, a medida trará impacto não apenas para os fabricantes de pneus, mas também afetará toda a cadeia produtiva nacional.

O país possui 20 fábricas de pneus, das quais duas em Santo André – Bridgestone e Prometeon, que produz pneus da marca Pirelli. Ambas empregam 5,7 mil trabalhadores, segundo dados de dezembro do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Paulo Serra entende que a decisão de baixar a alíquota do pneu importado põe em risco os postos de trabalho na indústria da borracha. “Por isso, como presidente do Consórcio Intermunicipal, buscamos diálogo e alternativas que garantam equilíbrio entre oferecer preço justo ao consumidor e preservar investimentos e empregos, que geram renda para nossa gente”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*